VALE-GÁS é APROVADO para 24 MIL famílias NORDESTINAS; veja se será contemplado

O Vale-Gás nacional retorna apenas na próxima semana, mas na capital cearense, Fortaleza, 24 mil famílias em situação de vulnerabilidade social são amparadas por uma iniciativa semelhante. Na última terça-feira (2), a prefeitura deu início à distribuição dos tickets referentes ao benefício. 

publicidade
VALE-GÁS é APROVADO para 24 MIL famílias NORDESTINAS; veja se será contemplado
VALE-GÁS é APROVADO para 24 MIL famílias NORDESTINAS; veja se será contemplado. (Imagem: FDR)

O Vale-Gás de Fortaleza consiste em uma política pública de caráter permanente, sancionada pelo Governo do Estado do Ceará no dia 14 de setembro de 2021. Oficialmente intitulado de Programa Auxílio Gás dos Brasileiros (PAGB), a ajuda para a compra do botijão de gás de 13 kg é liberada três vezes ao ano.

O programa instituído pelo Governo Cearense atende outras cidades além da capital. Os moradores do município de Juazeiro do Norte também serão contemplados pelo voucher do Vale-Gás nesta quarta-feira (3). Ao todo, cinco mil vales serão distribuídos na cidade

publicidade

É importante mencionar que os vouchers do Vale-Gás cearense são distribuídos pela Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedest). Na circunstância de Juazeiro do Norte, a ação ocorre com o apoio de dez Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) entre 08h30 e 11h e depois das 13h às 16h, de segunda a sexta-feira.

Quem pode receber o Vale-Gás cearense?

Segundo determinações da Prefeitura de Fortaleza, são beneficiários do Vale-Gás, as mesmas famílias atendidas pelo Cartão Mais Infância Ceará, vinculado ao programa Auxílio Brasil. Entretanto, é preciso que a renda familiar per capita seja igual ou inferior a R$ 155,50.

O voucher também é direcionado a jovens em situação de vulnerabilidade social que estejam inscritos no Programa Superação. As famílias já atendidas pelo PAGB estão impedidas de receber o Vale-Gás Social. 

Como resgatar o Vale-Gás cearense?

As famílias incluídas no programa devem apresentar uma certa documentação para conseguir resgatar o voucher do Vale-Gás social. Ao se dirigir a uma das unidades do CRAS na cidade onde reside, é necessário ter em mãos:

  1. RG;
  2. CPF;
  3. Número de Identificação Social (NIS);
  4. Comprovante de endereço.

Vale-Gás Nacional

Enquanto isso, as bimestralidades do Vale-Gás pago pelo Governo Federal retornam na próxima semana em um calendário conjunto ao Auxílio Brasil. Entre os dias 9 a 22 de agosto, milhares de famílias terão a chance de receber um benefício de R$ 120 para a compra do gás de cozinha. Entretanto, é essencial que estejam de acordo com essas regras:

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

  • Ter inscrição ativa no Cadastro Único (Cadúnico);
  • Possuir renda familiar per capita de até meio salário mínimo (R$ 606); OU
  • Ter renda familiar total igual ou inferior a três salários mínimos;
  • Recebe também, famílias com renda superior a três salários mínimos, desde que estejam incluídas em programas de transferência de renda implementados pelas três esferas de governo;
  • Por fim, ter entre os membros da família pessoa que recebe o Benefício de Prestação Continuada (BPC/Loas).
publicidade

Contudo, é importante lembrar que o alcance do programa é limitado. Sendo assim,  foi liberado algumas regras de prioridade, sendo para:

  • Famílias com cadastro atualizado no Cadúnico, nos últimos dois anos;
  • Com menor renda;
  • Que tenham maior quantidade de integrantes;
  • Famílias contempladas pelo Auxílio Brasil;
  • Com cadastro qualificado pelo gestor através do uso das informações da averiguação (se disponíveis).

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.