Estas AÇÕES são vistas como boas OPORTUNIDADES por gestores

Apesar de que o Ibovespa seja visto como o principal índice da bolsa de valores brasileira, ainda existem oportunidades de lucro em outras ações. As perspectivas foram citadas por gestores da Tarpon e da Organon, no episódio 156 do Stock Pickers, podcast do InfoMoney.

publicidade
Estas AÇÕES são vistas como boas OPORTUNIDADES por gestores
Estas AÇÕES são vistas como boas OPORTUNIDADES por gestores (Imagem: Montagem/FDR)

Segundo o CIO da Organon Capital, Raphael Maia, e o sócio e gestor de portfólio na Tarpon Capital, Rafael Maisonnave, um ótimo modo do obter bons retornos são as ações de small caps (companhias menores, menos conhecidas e líquidas pelo mercado) presentes na bolsa de valores brasileira, a B3.

Os gestores consideram que, mesmo com um panorama macro mais conturbado — como ocorre atualmente —, essas ações podem oferecer bons resultados.

publicidade

Neste cenário em questão, os gestores comentam que seus fundos estão com pouco caixa atualmente. Isso porque estão aproveitando a recente realização. O sócio da Tarpon alega que “as companhias estavam baratas e agora estão mais ainda”.

Ações que são vistas como boas oportunidades por gestores

Nos dois fundos, uma das ações presentes é a Tegma (TGMA3). Esta é uma empresa de logística e gestão de veículos. Os gestores informam que essa companhia é cíclica e está no pior momento deste ciclo. Maisonnave destaca que a Tegma está bastante descontada, e ainda paga bons dividendos.

Dentro do portfólio da Organon, outra companhia presente é a Multilaser (MLAS3). Maia afirma que após a desvalorização acima de 60% desde o IPO, as ações ficaram atraentes.

Na Tarpon, o gestor ainda revelou as posições em Wilson Sons (PORT3), Kepler Weber (KEPL3) e Lavvi (LAVV3). Maisonnave informa que essas companhias são de grande porte e consolidadas nos respectivos segmentos — porém, ainda não estão no radar de investidores.

Com relação à Wilson Sons e Lavvi, o especialista citou que essas empresas são relevantes em seus segmentos — respectivamente, portos e construção. No entanto, ele informa que os ativos recuam no acumulado anual.

No caso de Kepler Weber, o sócio da Tarpon afirma que os ativos vêm tendo o melhor ano em 2022. De qualquer forma, ele destaca que os múltiplos da companhia seguem bastantes interessantes. Segundo Maionnave, há anos, a empresa cresce em todos os sentidos — e é uma referência no segmento agro.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.