Usuários desta conta digital têm suas CONTAS INVADIDAS e não são reembolsados

Já pensou ter sua conta digital usada para vender produtos em uma plataforma invadida? Isto aconteceu com alguns vendedores da plataforma Mercado Livre. Entenda mais sobre o que está acontecendo.

publicidade

Uma destas pessoas foi Érica Santos, que teve a conta do Mercado Livre fraudada. Um outro usuário utilizou o cadastro de Érica para vender PlayStation 3 pelo valor de R$ 840. Como é comum na plataforma, o dinheiro da venda foi depositado na conta do Mercado Pago. No entanto o fraudador transferiu R$ 990 para outra conta, roubando os R$ 150 que ela tinha de saldo.

Segundo o relato da vítima, ela não tinha compartilhado a senha com ninguém e que a autenticação de dois fatores estava ativada. 

O Mercado Livre reconheceu que algo estranho realmente aconteceu. “Após análises, identificamos que sua conta teve acessos suspeitos”, relatou o atendimento da empresa a ela. No entanto, isto não fez com que Erica conseguisse obter o dinheiro perdido de volta. “A operação foi creditada em outra conta e não pôde ser recuperada”, explicou uma equipe especializada em e-mail.

publicidade

Caso não é único 

Este não é um caso exclusivo de Érica. Uma apuração feita pelo portal Tecnoblog constatou casos parecidos no site Reclame Aqui. Eram relatos de movimentações não autorizadas em suas contas e dificuldades no atendimento do Mercado Livre.

A usuária da plataforma Marcela, de São Paulo capital, relatou ao Tecnoblog que R$ 1.750 foram sacados de sua conta através de uma transação por QR Code, meio que ela afirmou nunca ter usado.

Existem também outros casos parecidos que foram relatados no site de reclamações.

Mercado Pago não se responsabiliza

No caso de érica, o Mercado Live argumenta que aconteceu um acesso indevido através  dos dados da vítima. Segundo o atendimento, a plataforma não se responsabiliza por “por danos ou prejuízos causados por falhas na internet, sistema e/ou servidor usados, ou ainda pelo compartilhamento de dados a terceiros”.

O que disse o Mercado Livre

Ao ser procurado pelo Tecnoblog, a plataforma se posicionou da seguinte maneira:

O Mercado Livre informa que está em contato com os usuários mencionados, apurando o ocorrido, prestando todo o suporte necessário para auxiliá-los e dando a tratativa adequada a cada um dos casos.

publicidade

Para garantir uma negociação segura, o Mercado Livre também orienta seus usuários a não compartilhar códigos de segurança, senhas ou fatores de autenticação e sempre lembrar que esses dados nunca serão solicitados por nós – muito menos em caráter de urgência. Ao identificar qualquer irregularidade, a orientação é em reportar imediatamente via app ou site.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Em caso de dúvidas, basta acionar os canais de atendimento oficiais pelo site ou aplicativo. Todas essas recomendações estão disponíveis nos Termos e Condições de Uso da plataforma, que investe continuamente na segurança dos seus ambientes e serviços digitais, a fim de oferecer a melhor experiência aos seus usuários.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.