7 em cada 10 TRANSAÇÕES BANCÁRIAS são feitas DESTA FORMA

Nesta quinta, 21, foi divulgada a Pesquisa de Tecnologia Bancária 2022, da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) que revelou que sete em cada dez transações bancárias, de um total de 119,5 bilhões de transações, foram efetuadas através dos canais digitais no ano passado.

publicidade

O principal impulsionador deste resultado foi o crescimento de 28% nas operações via celular. Já as operações através do internet banking, cresceram 6%.

O resultado revela uma alta de 15% no uso de canais digitais em comparação com 2020 e sinaliza que os canais de atendimento físicos, como por exemplo as agências, vem deixando de ser a preferência dos clientes por conta de uma mudança de comportamento.

As movimentações financeiras efetuadas através do celular também passaram por um crescimento vertiginoso em 2021, aumentando 75%. Além de o uso do mobile se tornar o principal canal nas transações, o movimento de alta também foi contemplado nas operações financeiras, muito apoiado pela chegada do Pix”, disse ao Valor Rodrigo Mulinari, diretor do Comitê de Inovação e Tecnologia da Febraban.

publicidade

Também foi mostrado pela pesquisa que, no ano passado, os usuários do mobile banking acessaram o aplicativo bancário 40 vezes por mês em média, cerca do dobro do ano anterior, quando quantidade de acessos foi de 24 em média, um crescimento de 67%.

Já sobre clientes os usuários mis ativos, também conhecidos como ”heavy users”, a média de logins atingiu 59 ao mês no ano passado, contra 57 em 2020, sinalizando uma alta de 4% no período pesquisado pela Febraban.

Banco digital no topo das reclamações

Novamente o banco digital C6 Bank ficou na liderança do ranking de reclamações direcionadas às principais instituições financeiras no primeiro trimestre de 2022, de acordo com dados do Banco Central.

O ranking é definido de acordo com um indicador que considera a quantidade de reclamações recebidas, aquelas que são consideradas procedentes e o número de clientes de cada banco. Quanto mais pontos o banco possui, pior foi o seu desempenho.

Entre os meses de janeiro a março de 2022, o C6 Bank obteve 77,99 pontos no ranking, provenientes de 1.265 queixas procedentes em um universo de 16,218 milhões de clientes. Logo depois, aparecem na listagem o BTG Pactual/Banco Pan (68,20 pontos), Inter (48,85 pontos), BMG (47,20), Santander (27,37) e Bradesco (25,22).

Este primeiro grupo é formado por 15 instituições que possuem maior quantidade de clientes.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.