INSS oferece BOLSA DE ESTUDO para os seus SERVIDORES; veja como se candidatar

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) decidiu tomar uma atitude inusitada e interessante. A autarquia começou a oferecer uma bolsa de estudo para os servidores públicos. 

publicidade
INSS oferece BOLSA DE ESTUDO para os seus SERVIDORES; veja como se candidatar
INSS oferece BOLSA DE ESTUDO para os seus SERVIDORES; veja como se candidatar
. (Imagem: FDR)

A bolsa de estudo do INSS trata-se do Programa de Incentivo de Bolsas de Estudo (PIBE), cujo propósito é fomentar bolsas em cursos de graduação a nível tecnólogo no modelo de ensino à distância (EAD). O patrocínio ou copatrocínio será feito pela própria instituição, desde que estejam de acordo com os interesses administrativos. 

A intenção do Governo Federal através do INSS é financiar as mensalidades de bolsa de estudo mediante um reembolso. A expectativa é de que o programa seja capaz de fomentar a atuação profissional dos servidores

publicidade

Destacando que o curso a ser realizado pelos servidores do INSS precisa ser devidamente reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) com nova quatro ou mais.

É importante explicar que a prioridade do programa é elevar o grau de escolaridade do colaborador público, e por consequência, o tempo de atuação na instituição se assim desejar. 

Quem poderá participar da bolsa de estudo do INSS?

A preferência quanto à aquisição da bolsa de estudo é voltada aos servidores que não possuem nenhum tipo de graduação, grau tecnólogo, custeados pelo INSS. Ressaltando que cada servidor terá direito a apenas uma bolsa de estudo.

Por outro lado, ficam impedidos de participar do programa os servidores que:

  • Quem estiver de licença por motivo de doença na família; 
  • Afastamento do cônjuge ou do companheiro; 
  • Quem estiver de serviço militar;
  • Quem estiver em atividade política;
  • Quem estiver em capacitação;
  • Quem estiver tratando de interesses particulares;
  • Quem estiver em desempenho de mandato classista;
  • Quem estiver em processo de cessão, redistribuição ou aposentadoria; 
  • Quem participou do processo seletivo anteriormente e desistiu antes de completar um ano; 
  • Quem possui curso de graduação.

Caso esteja afastado para servir a outro órgão ou entidade também não poderá se candidatar:

publicidade
  • Se estiver exercendo mandato eletivo;
  • Se estiver em estudo ou missão no exterior; 
  • Se estiver servindo em organismo internacional; 
  • Se estiver participando do programa de pós-graduação stricto sensu em instituição de ensino superior no país.

Também existe a possibilidade de o benefício ser cancelado caso o servidor seja demitido ou exonerado a pedido ou de ofício. Também será excluído caso o servidor peça licença ou deixe de apresentar o comprovante de pagamento por seis meses seguidos. 

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Por fim, se você cumpre todos os requisitos, fique atento pois o processo seletivo será divulgado pela Diretoria de Gestão de Pessoas. As regras do programa estão na Instrução Normativa 135, que foi publicada na segunda-feira (18) no Diário Oficial da União.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.