TESOURO DIRETO registra ALTA HISTÓRICA e rentabilidade desperta MAIOR INTERESSE dos investidores

Nesta terça-feira (19), as taxas dos títulos públicos do Tesouro Direto voltaram a registrar altas históricas. Na sessão, se destacaram os títulos prefixados, com rentabilidade acima de 13,5% ao ano. Estes papéis passaram a estar disponíveis em fevereiro deste ano.

publicidade
Tesouro Direto está com taxas atrativas para novos investimentos
Tesouro Direto está com taxas atrativas para novos investimentos (Imagem: Montagem/FDR)

Entre os títulos prefixados do Tesouro Direto, o que apresentou o melhor rendimento foi o Tesouro Prefixado com juros semestrais 2033, com retorno anual de 13,69% na tarde desta terça-feira.

Já entre os papéis do Tesouro Direto atrelados à inflação, a maior rentabilidade foi observada no Tesouro IPCA+ 2026. A remuneração real oferecida foi de 6,31%. Esse título começou a ser negociado em fevereiro de 2020.

publicidade

Tanto no caso dos títulos prefixados quanto atrelados à inflação dessa modalidade de renda fixa, quanto maior a taxa, menor será o preço.

Sendo assim, quando existe aumento das taxas — mesmo que seja positivo para quem mantém o investimento até a data de vencimento —, o valor de mercado dos títulos reduz. Isso causa uma temporária perda para os investidores que contam com os papéis na carteira.

Segundo apurado pelo Valor, a alta vista nesta terça-feira pode ser explicada pela revisão de analistas para cima. A PEC dos Auxílios, com valor previsto de R$ 41,25 de furo no teto de gastos, vem provocando um tom de risco fiscal. Isso faz com que os agentes demandem maiores retornos.

Já no cenário externo, os investidores esperam pela temporada de balanços nos Estados Unidos. Existe o receio de que a economia norte-americana entre em recessão no próximo ano.

Nesta quinta-feira (21), o Banco Central Europeu decidirá sobre a taxa de juros na região. O mercado prevê um aumento de 0,25 ponto percentual. Apesar disso, eles não desconsideram um aperto monetário ainda mais forte.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Taxas dos títulos do Tesouro Direto

Na tarde desta terça-feira, estas foram as rentabilidades anuais oferecidas pelos títulos públicos do Tesouro Direto:

publicidade
  • TESOURO PREFIXADO 2025: 13,52%
  • TESOURO PREFIXADO 2029: 13,59%
  • TESOURO PREFIXADO com juros semestrais 2033: 13,69%
  • TESOURO SELIC 2025: SELIC + 0,0933%
  • TESOURO SELIC 2027: SELIC + 0,1649%
  • TESOURO IPCA+2026: IPCA + 6,31%
  • TESOURO IPCA+ 2035: IPCA + 6,26%
  • TESOURO IPCA+2045: IPCA + 6,26%
  • TESOURO IPCA+ com juros semestrais 2032: IPCA + 6,27%
  • TESOURO IPCA+ com juros semestrais 2040: IPCA + 6,30%
  • TESOURO IPCA+ com juros semestrais 2055: IPCA + 6,34%

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.