Novo lote da RESTITUIÇÃO do IR começa a ser pago nesta semana; veja quem recebe

Nesta sexta, 22, a Receita Federal deve abrir as consultas ao terceiro lote de restituição do Imposto de Renda 2022. Ainda não foi divulgado oficialmente o dia da abertura das consultas, mas ela costuma acontecer uma semana antes do início dos depósitos. 

publicidade
Declarou o Imposto de Renda atrasado? Veja como pagar a multa
Novo lote da RESTITUIÇÃO do IR deve ser pago essa semana; veja quem recebe.(Imagem: FDR)

O terceiro lote de restituição do IR será pago no dia 29 de julho e o valor caíra diretamente na conta que o contribuinte informou em sua declaração.

Calendário de restituição 

Os pagamentos são feitos de acordo com a data de entrega do IR, sendo assim, quem entrou primeiro, recebe primeiro. O primeiro lote, por exemplo, foi pago no dia 31 de maio, e era voltado para contribuintes com prioridade legal, como idosos, pessoas com deficiência e professores, e ainda para aqueles que enviaram a declaração no início do prazo de entrega, em março.

publicidade
  • 1º lote: 31 de maio
  • 2º lote: 30 de junho
  • 3º lote: 29 de julho
  • 4º lote: 31 de agosto
  • 5º lote: 30 de setembro

Consultas

Para fazer a consulta e saber se vai receber a restituição no terceiro lote, o contribuinte deve entrar no site Meu Imposto de Renda, ir na aba serviços e clicar em “Consultar a Restituição”. Para fazer uma consulta simples, clique aqui, digite seu CPF, ano da declaração (2022) e a data de nascimento.

Caso queira informações mais aprofundadas, acesse o e-CAC. Lá é possível saber o status da declaração e também se o documento está com alguma pendência ou divergência e se a declaração caiu na ‘malha fina’.

Através do e-CAC o contribuinte consegue fazer a retificação de possíveis erros encontrados em sua declaração. Para acessar é preciso CPF, código de acesso (que o próprio contribuinte gera) e senha.

Caso apareça o status dizendo “em fila para restituição”, quer dizer que é só aguardar os próximos lotes para saber quando vai receber.

Quando o contribuinte faz o preenchimento da declaração, ele já fica sabendo se possui ou não direito a receber a receber a restituição.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

Porém, é importante destacar que os valores do imposto devido e da possível restituição dependem sempre de pontos como total de rendimentos recebidos, quantidade de fontes pagadoras, faixa de renda, dependentes e total de gastos passíveis de dedução.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.