O que está por traz das reformulações no AUXÍLIO BRASIL? Eleições, estratégias políticas, rombo orçamentário e muito mais

Amigos e amigas do FDR, se você está procurando informações sobre o cartão do Auxílio Brasil, está no lugar certo. Se o cartão do Auxílio Brasil não chegou, pode continuar por aqui também porque eu vou esclarecer todas suas dúvidas. Mudanças são sempre confusas, mas a ideia do governo federal foi facilitar o acesso aos serviços bancários. Quer saber mais? Acompanhe a coluna “É Seu Direito!”.

publicidade
Chegou o CARTÃO DO AUXÍLIO BRASIL! Entenda como mudanças impactam na sua vida
Chegou o CARTÃO DO AUXÍLIO BRASIL! Entenda como mudanças impactam na sua vida (Imagem: FDR)

Não é novidade que o atual governo federal, presidido por Jair Bolsonaro (PL), tem buscado trazer mais autonomia ao programa de transferência de renda. Isso significa excluir as ligações com o Bolsa Família, antigo projeto criado no governo petista, e finalmente apresentar uma marca social desta gestão. 

Embora o Auxílio Brasil tenha sido criado no atual governo, no ano de 2021, muitas famílias continuavam recebendo seus pagamentos por meio do cartão com o logo do Bolsa Família.

publicidade

Se este é o seu caso, fique ciente que o seu cartão do Bolsa Família não foi cancelado, ele vai pode continuar sendo usado até que você receba um novo documento. Ou seja, na prática nada muda.

O governo federal precisou de um investimento de R$ 130 milhões para troca de cartões do Bolsa Família para o Auxílio Brasil.

Com a quantia, poderiam ter sido inclusos 27.083 mil novas famílias no programa dentro de um ano, conforme estipulou o portal UOL.

No orçamento anual do governo já são reservadas as verbas para investir neste programa. Em 2022, por exemplo, foi autorizado o uso de R$ 90 bilhões para financiar o benefício.

O Auxílio é um programa que beneficia 18,1 milhões de famílias atualmente, e paga valor mínimo de R$ 400. Para fazer parte da lista de beneficiados é necessário ter renda máxima de R$ 210 por pessoa da família.

Muitas das vezes, esta é a única fonte de renda dos mais vulneráveis. Por isso o seu pagamento é tão importante.

publicidade

Acontece que muitas pessoas que foram inclusas neste programa não possuem informação necessária para fazer a troca. Por isso, um desespero se alastrou pela população beneficiada com a renda.

Muitos estão se perguntando se deixarão de receber o Auxílio Brasil, ainda mais agora que ele passa a pagar R$ 600, já que não tiveram acesso ao cartão. De ante mão, adiantamos que isso não acontecerá.

Os meios de contato com o FDR, por exemplo, recebeu dezenas de mensagens solicitando ajuda para essa questão. Teria o governo deixado a população sem informação suficiente sobre o uso do documento?.

publicidade

O dinheiro investido poderia ter sido, por exemplo, usado para melhorar o acesso ao pagamento, ao invés de simplesmente trocar o layout do cartão a fim de zerar qualquer resquício do governo do PT e do ex-presidente Lula.

O governo federal esclareceu por meio de uma publicação na página do Ministério da Cidadania, que neste mês de julho serão distribuídos 3,2 milhões de cartões. O número ainda não representa o total de famílias que deverão recebê-lo.

O Ministério acredita que o público beneficiado seja de 6,6 milhões de famílias, todas que foram inclusas no programa a partir de novembro de 2021. No entanto, os documentos serão entregues de forma gradativa.

publicidade

Isso significa que, se você ainda não recebeu seu cartão do Auxílio Brasil não precisa se desesperar. O montante em que está incluso pode ainda não ter sido impresso, por isso, neste momento o ideal é aguardar.

O governo tem enviado o cartão direto no endereço da família, com base nos dados atualizados no Cadastro Único (CadÚnico). Ou seja, não precisa ir buscar pelo documento no CRAS, CREAS ou nas agências da Caixa Econômica. Aguarde até que ele chegue na sua residência.

Por que o governo trocou o modelo de cartão?

A troca do modelo do cartão do Bolsa Família para o Auxílio Brasil tem, claro, cunho político. Agora, ao olhar o documento o usuário não vai mais relaciona-lo ao antigo programa de transferência de renda, e diminuirá as chances de ligar o pagamento ao PT. 

publicidade

Mas calma, isso não significa que o novo modelo é ruim. A novidade foi a implementação de um chip que garante compras presenciais no débito. Isso sim é um avanço, principalmente para aqueles que residem em locais de difícil acesso à Caixa Econômica e casas lotéricas.

Além disso, trazer identidade visual do atual governo é uma atitude que diversos líderes já tomara. Então, nenhuma crítica a escolha da gestão bolsonarista.

O questionamento maior fica para o uso do dinheiro público. Outros investimentos aos vulneráveis poderia ser adotado caso o governo optasse por manter as formas de pagamento atuais.

publicidade

Sem o cartão, o usuário pode usar os serviços do Caixa Tem. A poupança social digital foi criada na gestão Bolsonaro, na época de pagamento do auxílio emergencial para mais de 60 milhões de pessoas.

Toda novidade é muito bem vinda, acredita-se que os investimentos no Auxílio Brasil têm cunho político, a fim de aumentar a popularidade de Bolsonaro.

Mas na realidade, independente do voto nas eleições de 2022, tudo o que for pra melhorar o programa fará bem para a população mais pobre.

publicidade

Não recebi o cartão do Auxílio Brasil, como faço o saque do benefício?

Se você não foi incluso neste lote de impressões do cartão do Auxílio Brasil e ainda não o recebeu, isso não significa que seu benefício foi suspenso ou cancelado. O saque continua disponível, mas por outras plataformas.

Como você tem recebido o pagamento até aqui? É dessa maneira que você vai continuar tendo acesso ao valor. Caso seja um usuário recente, ou seja, foi incluso neste mês dentro do programa, fique atento as formas de saque do benefício:

  • Nas casas lotéricas apresentando seu documento original com foto;
  • Nas agências da Caixa Econômica apresentando seu documento original com foto;
  • Nos caixas eletrônicos da Caixa Econômica, gerando o código de saque no aplicativo Caixa Tem.
publicidade

Nos guichês de atendimento, aquele em que você precisa entrar no banco para ser atendido, o saque só é liberado para o titular. Não adianta pedir para um familiar ir receber em seu nome, certo? Sua presença é indispensável.

Meu cartão chegou! Como faço para usar?

Ótimo! Se você foi incluso na lista de beneficiados com o cartão do Auxílio Brasil, algumas facilidades foram liberadas. O documento vai ser entregue na sua casa via Correios, junto com ele chegará também um flyer (folheto) com todas as informações sobre o uso do cartão.

Siga alguns passos para finalmente poder usar o pagamento do benefício:

publicidade
  • 1° passo: crie a senha do seu cartão do Auxílio Brasil (acesse o aplicativo Caixa Tem, selecione “Auxílio Brasil” e em seguida “Criar senha”);
  • 2° passo: certifique-se de que o cartão está desbloqueado, para isso ligue na Central da Caixa de número 111 e informe seu NIS e CPF;
  • 3° passo: use o cartão na função débito para compras presenciais, ou faça o saque do benefício nos caixas eletrônicos.

Use e abuse do Caixa Tem

Aproveita que não paga nada e aproveite para usar muito as funções do Caixa Tem. Isto vale tanto para quem recebeu o cartão do Auxílio Brasil, como para aqueles que ainda não tiveram acesso ao mesmo.

Por meio do aplicativo Caixa Tem foi criada uma poupança social digital em nome de cada um dos beneficiados do Auxílio Brasil. Sem necessidade de ir até o banco, você pode resolver várias questões financeiras usando seu celular. Por exemplo:

publicidade
  • Até três transferências por mês, para contas de outros bancos;
  • Transferências ilimitadas para contas da Caixa;
  • Transferências e recebimentos ilimitados via Pix;
  • Pagamento de boletos;
  • Recarga de celular;
  • Compras na internet usando o cartão de débito virtual.

É seu direito!

O cartão do Auxílio Brasil é seu direito. Por isso, você tem total liberdade para usufruir de todos os benefícios que ele traz e reivindicá-lo. Esta previsto na legislação. 

Para o enfrentamento da pobreza, a assistência social realiza-se de forma integrada às políticas setoriais, garantindo mínimos sociais e provimento de condições para atender contingências sociais e promovendo a universalização dos direitos sociais“. (Redação dada pela Lei nº 12.435, de 2011)

A dica é sempre procurar pelos postos do Cras caso surjam dúvidas. Para evitar superlotação e filas, os meios online como aplicativo do Auxílio Brasil e Caixa Tem também são boas opções.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Para saber mais sobre os seus direitos, acompanhe esta coluna e as matérias produzidas pelo portal FDR. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Lila Cunha
Lila Cunha é formada em jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Atua como repórter especial para o portal FDR. É responsável por selecionar as informações abordadas e garantir o padrão de qualidade das notícias veiculadas. Além disso, trabalha com apuração de hard news desde 2019, cobrindo o universo econômico em escala nacional.