Torcedor invade gramado e tenta agredir jogadores do Corinthians; confira qual deve ser a multa pelo crime

Nesta quarta, 13, um torcedor do Santos invadiu o campo da Vila Belmiro durante um jogo da Copa do Brasil e agrediu o goleiro do Corinthians Cássio. De acordo com o que disse o delegado titular da Drade (Delegacia de Repressão aos Delitos de Intolerância Esportiva) Cesar Saad ao UOL Esportes, este torcedor será autuado por mais crimes que os outros invasores do campo.

publicidade

“Cheguei a conversar com o Cássio para saber se ele realmente tinha sido agredido e ele manifestou que não chegou a ser efetivamente agredido. Mas, pela atitude, este torcedor vai ter a pena dele agravada em razão da tentativa. Isso além da invasão e dos outros elementos do artigo do Estatuto do Torcedor [41-B]. Todos vão responder por estes crimes e o juiz vai atribuir penas para cada um, imagino que todas iguais e a exceção feita ao que tentou agredir o Cássio”, disse o delegado ao UOL.

Logo depois que o árbitro Jean Pierre Gonçalves Lima finalizou o jogo que classificou o Corinthians para as quartas de final da Copa do Brasil, e em decorrência disso eliminou o Santos, um grupo de torcedores santistas entrou no campo e um deles foi para cima do goleiro Cássio. Este torcedor agrediu Cássio pela costas com uma voadora, mas não conseguiu acertar em cheio. A ação foi atrapalhada pelo atacante do Santos Marcos Leonardo e por seguranças.

Este torcedor foi derrubado logo após encostar o pé na panturrilha do goleiro do Corinthians.

publicidade

A Polícia Militar deteve e identificou os invasores, que tiveram que prestar depoimento na madruga no Juizado Especial Criminal (Jecrim), que também fica no bairro Vila Belmiro, e irão responder ao processo em liberdade. Eles podem ser condenados a uma pena de até dois anos.

Todos foram autuados no artigo 41-B do Estatuto do Torcedor, que trata de infração por “promover tumulto, praticar ou incitar a violência, ou invadir local restrito aos competidores em eventos esportivos”. Segundo o delegado Cesar Saad, a exceção ficou para o torcedor que agrediu Cássio, que foi autuado por tentativa de agressão.

“Foram todos detidos, identificados, autuados, prestaram depoimento no Jecrim e agora aguardam. Depois disso encaminhamos ofício para a Federação, CBF e demais responsáveis para os proibirem de entrar no estádio”, finalizou o delegado para o UOL.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.