Aneel revê aumento no valor das CONTAS DE LUZ; veja onde os DESCONTOS foram aprovados

O reajuste tarifário anual que foi autorizado para 14 distribuidoras de energia elétrica será revisto. Nesta terça-feira (12), a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) vai revisar esse reajuste, considerando o que foi pago a mais pelos consumidores no ano passado. A ideia é devolver a quantia em descontos nas contas de luz. 

publicidade
Aneel revê aumento no valor das CONTAS DE LUZ; veja onde os DESCONTOS foram aprovados
Aneel revê aumento no valor das CONTAS DE LUZ; veja onde os DESCONTOS foram aprovados (Imagem: Montagem/FDR)

Neste ano os reajustes chegaram a 24% sobre as contas de luz, a ideia agora é diminuir esses valores usando no cálculo os tributos que devem ser devolvidos aos consumidores residenciais. Para tanto, a Aneel vai discutir em reunião realizada nesta terça-feira (12), como serão aplicados os descontos.

Para que a devolução de créditos fosse aprovada, em junho deste ano o presidente Jair Bolsonaro (PL) sancionou o projeto que prevê esse pagamento. Isso porque, houve cobrança a mais nos tributos como o o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), que é um imposto estadual.

publicidade

Além do Programa de Integração Social/Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins), que são impostos federais. Agora, aqueles que foram cobrados indevidamente precisam ser ressarcidos.

Ficou decidido que a restituição dos valores será feita em forma de descontos nas contas de energia elétrica. A Aneel ficou responsável por decidir como esses créditos deverão ser devolvidos.

Como serão aplicados os descontos nas contas de luz

A Aneel vai decidir na reunião deste dia 12 de julho quais os descontos serão aplicados nas contas de luz. O que se sabe é que há um acumulado de R$ 48 bilhões em créditos tributários que foram cobrados a mais.

A lei que autorizou a devolução desses valores aos consumidores, solicitou também que a Aneel reduzisse o reajuste anual aplicado sobre as distribuidoras de energia. Aqueles que já aplicaram o reajuste passarão por uma revisão extraordinária.

Em outras palavras, isso significa que o acréscimo de valor que seria aplicado sobre as contas de luz será freado devido ao crédito que ficou disponível para devolução ao consumidor.

Farão parte da revisão de valores, e devem diminuir o valor de cobrança para o consumidor, as companhias a seguir:

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade
  • Companhia Energética de Pernambuco (Celp)
  • Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Neoenergia Coelba)
  • Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Neoenergia Cosern)
  • Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL Paulista)
  • Companhia Jaguari de Energia (CPFL Santa Cruz)
  • Energisa Borborema
  • Energisa Mato Grosso do Sul
  • Energisa Mato Grosso
  • Enel Distribuição Ceará
  • Equatorial Alagoas
  • Light Serviços de Eletricidade
  • Companhia Sul Sergipana de Eletricidade (Sulgipe)
  • Energisa Sergipe
  • Enel Distribuição Rio

Estas são empresas que tiveram o reajuste anual aprovado entre os meses de fevereiro e maio de 2022.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Lila Cunha
Lila Cunha é formada em jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Atua como repórter especial para o portal FDR. É responsável por selecionar as informações abordadas e garantir o padrão de qualidade das notícias veiculadas. Além disso, trabalha com apuração de hard news desde 2019, cobrindo o universo econômico em escala nacional.