Novo AUXÍLIO BRASIL de R$ 600 deve ser aprovado nesta TERÇA-FEIRA; acompanhe a votação

O Auxílio Brasil de R$ 600 não depende apenas do governo federal. Mas, precisou passar pelos parlamentares por meio da PEC n° 1/2022 (Proposta de Emenda à Constituição). No Senado Federal foi aprovado com sucesso, agora está travada na Câmara dos Deputados. Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara, garantiu que a votação acontece na terça-feira (12).

publicidade
Novo AUXÍLIO BRASIL de R$ 600 deve ser aprovado nesta TERÇA-FEIRA; acompanhe a votação
Novo AUXÍLIO BRASIL de R$ 600 deve ser aprovado nesta TERÇA-FEIRA; acompanhe a votação (Imagem: FDR)

Batizada de PEC Kamikaze, o texto traz uma série de benefícios sociais para o país. Isso, há três meses das eleições de 2022, e conta com total apoio do governo Jair Bolsonaro (PL). Entre as propostas, estão o Auxílio Brasil de R$ 600, vale gás de R$ 120 e voucher de R$ 1 mil para caminhoneiros.

Antes de chegar à sanção do presidente da República, o texto precisa ser analisado e votado no Senado Federal e na Câmara dos Deputados. No Senado a aprovação foi quase total, apenas o senador José Serra (PSDB) foi contra.

publicidade

Agora, ao chegar na Câmara dos Deputados a votação ainda não aconteceu e foi adiada no último dia 7. Para aprovação, pelo menos 308 deputados devem ser favoráveis a criação destes benefícios por meio da PEC.

Ao todo, a proposta cria uma despesa de R$ 41,2 bilhões fora do teto de gastos. Embora o texto proponha que os auxílios se encerrem em dezembro deste ano, as despesas podem durar por mais tempo.

No caso do Auxílio Brasil de R$ 600, por exemplo, mesmo que as parcelas voltem a R$ 400 em Janeiro o número de beneficiados vai subir em 2023. Isso porque, o texto prevê zerar a fila de espera do programa e incluir mais 1,6 milhões de famílias beneficiadas.

Votação incerta na Câmara dos Deputados

Diferente do que aconteceu no Senado, não é possível garantir que a PEC Kamikaze passará tão facilmente entre os deputados. De acordo com o blog da Andréia Sadi, não é interessante para a oposição de Bolsonaro votar contra a proposta.

Embora não concordem com os gastos bilionários que esta trará, para os deputados seria um risco eleitoreiro votar contra uma PEC que propõe benefícios sociais para a população.

Por isso, a estratégia adotada é ir adiando a votação até que os impactos da sua aprovação seja menos significativo na campanha de reeleição do presidente.

publicidade

Os parlamentares e apoiadores de Bolsonaro, acreditam que com a aprovação deste pacote, a aprovação do candidato suba de 3 a 4 pontos percentuais nas pesquisas eleitorais. 

Auxílio Brasil de R$ 600

Caso aprovado, o Auxílio Brasil de R$ 600 deve começar em agosto. Os pagamentos serão repassados tanto para as 18,1 milhões de famílias já beneficiadas, como para mais 1,6 milhões de novas famílias.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Para saber se foi incluso, basta acessar o aplicativo do Auxílio Brasil ou o aplicativo do Caixa Tem. O repasse é feito para quem está inscrito no CadÚnico, com renda per capita de até R$ 210.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Lila Cunha
Lila Cunha é formada em jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Atua como repórter especial para o portal FDR. É responsável por selecionar as informações abordadas e garantir o padrão de qualidade das notícias veiculadas. Além disso, trabalha com apuração de hard news desde 2019, cobrindo o universo econômico em escala nacional.