Caixa autoriza saque de R$ 6,2 mil para moradores do Nordeste; saiba como solicitar

A Caixa Econômica Federal (CEF) autorizou o saque de R$ 6,2 mil para moradores do Nordeste afetados pelas fortes chuvas. A quantia será liberada a partir da modalidade de saque calamidade do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS)

publicidade
Caixa autoriza saque de R$ 6,2 mil para moradores do Nordeste; saiba como solicitar
Caixa autoriza saque de R$ 6,2 mil para moradores do Nordeste; saiba como solicitar. (Imagem: FDR)

A princípio, 28 cidades do Estado de Alagoas já estão aptas ao saque de R$ 6,2 mil. Essas modalidades já cumpriram as principais normas para liberação do benefício, como o reconhecimento do estado de emergência ou calamidade pública pelo departamento de Defesa Civil local

Além da liberação do saque de R$ 6,2 mil, a Caixa anunciou outras medidas auxiliares aos moradores do Nordeste. Todas as agências situadas nos municípios afetados já abrem uma hora mais cedo, a partir das 09h, para agilizar os atendimentos. O banco também enviou equipes extras às regiões atingidas para apoiar os moradores e governos municipais.

publicidade

Um caminhão-agência da Caixa também foi enviado nesta quarta-feira (6) para as áreas atingidas em Alagoas. A unidade de atendimento móvel funcionará das 08h às 16h. Entretanto, o endereço do local onde a unidade móvel estará fixada ainda não foi divulgado. Esta equipe focará nestes serviços:

  • Atendimento aos beneficiários do Auxílio Brasil;
  • Atendimento aos beneficiários do Abono Salarial;
  • Pagamento do FGTS;
  • Concessão de crédito;
  • Auxílio na utilização de aplicativos do banco, desbloqueio de cartão e senha de contas, dentre outros.

Regras do saque de R$ 6,2 mil no Nordeste

A liberação do saque de R$ 6,2 mil pelo FGTS para as vítimas das enchentes e outros desastres naturais ocorre em hipóteses, como:

  • Vendavais ou tempestades;
  • Vendavais muito intensos ou ciclones extratropicais;
  • Vendavais extremamente intensos, furacões, tufões ou ciclones tropicais;
  • Tornados e trombas d’água;
  • Precipitações de granizos;
  • Enchentes ou inundações graduais;
  • Enxurradas ou inundações bruscas;
  • Alagamentos;
  • Inundações litorâneas provocadas pela.

O saque está autorizado para estas cidades de Alagoas

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

  1. Atalaia;
  2. Branquinha;
  3. Cacimbinhas;
  4. Cajueiro;
  5. Capela;
  6. Chã Preta;
  7. Colônia Leopoldina;
  8. Jacuípe;
  9. Jundiá;
  10. Limoeiro de Anadia;
  11. Maceió;
  12. Major Isidoro;
  13. Maragogi;
  14. Matriz de Camaragibe;
  15. Marechal Deodoro;
  16. Murici;
  17. Paulo Jacinto;
  18. Pilar;
  19. Porto de Pedras;
  20. Quebrangulo;
  21. Rio Largo;
  22. Santana do Mundaú;
  23. São José da Laje;
  24. São Luís do Quitunde;
  25. Satuba;
  26. Taquarana;
  27. União dos Palmares;
  28. Viçosa.

Não há necessidade de comparecer em uma agência da Caixa para dar entrada na solicitação. O morador destas cidades pode fazer o pedido todo pelo aplicativo FGTS, disponível para Android e IOS.

publicidade
  • Após o download do aplicativo, insira suas informações cadastrais, clique na opção “Meus saques” e selecione “Outras situações de saque”. Após, vá em “Calamidade Pública” e informe o município;
  • Nesse momento, é necessário encaminhar os seguintes documentos: foto de documento de identidade (também é aceito carteira de habilitação ou passaporte) e comprovante de residência (podendo ser conta de luz, água ou outro documento recebido via correio) que esteja em nome do trabalhador e emitido até 120 dias antes da decretação de calamidade. Se o comprovante de residência estiver em nome de cônjuge ou companheiro (a), é necessário ainda enviar Certidão de Casamento ou Escritura Pública de União Estável;
  • Por fim, selecione no aplicativo a opção para que o valor seja creditado em uma conta da Caixa ou de qualquer outro banco e envie a solicitação. O prazo para a resposta da análise e crédito em conta (em caso de aprovação), é de cinco dias úteis.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.