Mais uma pessoa do alto escalão da Caixa deixa cargo após denúncias

Após a saída do presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, agora o vice-presidente de Negócios de Atacado, Celso Leonardo Barbosa, também sairá da instituição após ser mencionado nas denúncias de assédio sexual que causaram a saída de Guimarães. A notícia foi dada pelo colunista Lauro Jardim do O Globo e confirmada pela portal UOL. 

publicidade

O nome de Celso Barbosa foi citado nas denúncias de uma funcionária do banco que contou à ouvidoria ter sido vítima de assédio. Barbosa teria colaborado com Pedro Guimarães em algumas ocasiões.

Na última quarta, 29, a postura de Barbosa ocasionou uma pedido do MPT (Ministério Público do Trabalho) para que a Caixa preste esclarecimentos. Na solicitação, é pedido pelo MTP que o banco se posicione a respeito da denúncia de que o executivo “causaria ‘temor’ às mulheres que trabalham no banco, levando a crer que as denúncias de assédio também se estenderiam ao referido gestor”.

Esta é a mesma notificação em que o MTP pediu informações a respeito de Guimarães. A Caixa tem até dez dias para responder o questionamento. 

publicidade

Outras investigações oriundas do MPF (Ministério Público Federal) e o TCU (Tribunal de Contas da União) também foram abertas para investigar as denúncias. 

O que diz a Caixa 

Através da assessoria de imprensa, a Caixa disse que os casos de assédio que envolvem diretores da instituição estão sendo tratados de forma prioritária pela Corregedoria.

De acordo com a Caixa, tudo que vem sendo divulgado na imprensa já integra às denúncias recebidas. Por fim, foi dito que o banco “quem estiver envolvido sofrerá as sanções previstas, independentes das apurações externas”.

Denúncias contra Pedro Guimarães

Na última quarta, 29, o presidente da Caixa Econômica Pedro Guimarães, formalizou o pedido de demissão ao presidente Jair Bolsonaro. O pedido acontece após vir a tona denúncias de assédio sexual a funcionárias da instituição. Guimarães entregou também um a carta ao presidente em que afirma estar em envolvido em “uma situação cruel, injusta, desigual e que será corrigida na hora certa com a força da verdade”.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

A saída de Pedro Guimarães já era considerada certa desde a noite de terça, 28, no entanto ele ainda não tinha sido demitido e nem decidido sair do cargo. Agora, para ocupar sua posição, um nome que vem circulando é de Daniella Marques, secretária especial de produtividade e competitividade do Ministério da Economia.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.