Preço de leite dispara e ‘assusta’ consumidores

“Estamos chegando num ponto em que 1 litro do leite está quase batendo o preço do litro da gasolina.” “Infartei quando o vi o preço do leite” “Pelo amor de Deus! Alguém sabe me explicar o que está acontecendo? Por que raios o leite ficou o dobro do preço em uma semana?”

publicidade

Esses são alguns dos comentários feitos nas redes sociais nas últimas semanas sobre o preço altíssimo do leite nas prateleiras de supermercados pelo Brasil. O item já é encontrado de R$ 7 a R$ 10 o litro, bem acima do preço de alguns meses atrás, quando era vendido a menos de R$ 5 o litro.

E o aumento não é de agora. Conforme mostram dados do CEPEA (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), desde o início do ano, o leite longa vida acumula alta de 28,03%. O IPCA-15, medido pelo IBGE, revela que os maiores aumentos se deram em abril (12, 21%) e maio (7,99%).

Por que o leite está tão caro?

Diversos fatores explicam o encarecimento do leite para os consumidores brasileiros. Um dos principais é o fato de a produção leiteira ter entrado no período entre safras, que vai de abril a junho, aproximadamente.

publicidade

Nesse período, as pastagens ficam mais secas devido à falta de chuva, prejudicando a produtividades das vacas e a oferta do produto no mercado.

Mas outro fenômeno climático também pesou nos últimos meses, especialmente entre o fim do ano passado e o início deste ano. Trata-se do La Niña, que é caracterizado pelo resfriamento das águas no Oceano Pacífico. Ele diminui as chuvas no Sul, grande produtor de leite, e aumenta no Centro-Oeste.

Outro fator que ajuda a explicar a inflação atual do leite é o aumento de custos que ocorreu no setor nos últimos anos.

“Toda alimentação animal foi se encarecendo nos últimos anos. Tanto a alimentação concentrada (ração) quanto a volumosa (pastagem) foram afetadas pela alta de combustíveis e fertilizantes. Isso levou muitos pecuaristas a saírem da atividade ou a enxugarem investimentos”, explicou ao G1 a pesquisadora Natália Grigol, do Cepea.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Quando preço vai baixar?

Especialistas acreditam que o leite deve continuar caro pelo menos até setembro, ou até começarem as chuvas da Primavera. Além disso, a tendência de elevação nos preços internacionais de insumos como grãos e fertilizantes, assim como o câmbio desvalorizado, que estimula as exportações de leite, devem continuar prejudicando os consumidores brasileiros.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Amaury Nogueira
Amaury da Silva Nogueira é bacharelando em Letras/Edição pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Apaixonado pelo universo da escrita, atua há dois anos como redator e realiza pesquisas sobre história da edição no Brasil. Além disso, atualmente pesquisa também sobre direitos e benefícios sociais para agregar conhecimento na redação do portal de notícias FDR.