Novo RG começa a ser entregue pelo governo; saiba como solicitar a sua via

Como já informado pelo governo federal, o país vai adotar um outro modelo para o documento de identidade. O novo RG deverá ser emitido a partir do dia 4 de agosto, independente do estado em que o cidadão reside. O modelo será unificado para todas as federações do país.

publicidade

A versão atualizada foi apresentada nesta segunda-feira, 27. Junto com o novo RG, chamado pelo governo de Carteira de Identidade Nacional (CIN), o novo modelo do passaporte também foi divulgado.

Mas é preciso atenção, pois o documento não está disponível para todos neste primeiro momento. Inicialmente os moradores de oito estados brasileiros, e que possuem CPF, poderão ter acesso ao CIN.

Sendo eles: Minas Gerais, Acre, Pernambuco, Goiás, Distrito Federal, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Os demais poderão acessar o novo RG apenas em 2023, o prazo para adesão dos estados é o mês de março.

publicidade

No entanto, embora passe a ser obrigatório, a regra garante que o documento atual tem validade até 2032. A substituição acontecerá de forma gradativa e gratuita. O governo afirmou que a troca não será feita “com atropelos”.

Como emitir o novo RG

Para o modelo atualizado e unificado do documento de identidade, as emissões a partir de 4 de agosto devem acontecer no Instituto de Identificação que o cidadão reside. 

A primeira remessa do CIN foi entregue pelo governo federal no dia 27 de junho juntamente com o anuncio do novo passaporte.

O documento CIN ficará disponível para os brasileiros em duas versões: online e impresso. O objetivo é que nenhum cidadão fique sem acesso ao documento, isso porque parte da população ainda não tem smartphone, computadores e nem mesmo acesso a internet.

Enquanto isso, o novo RG online também ficará disponível para os cidadãos. A versão digital poderá ser acessada no aplicativo do governo, mas com a condição de que o documento impresso já tenha sido emitido.

Isto significa que o CIN digital é apenas uma segunda opção à versão física, mas não deve substitui-lo. Essa opção já está disponível em alguns estados atualmente. 

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

São Paulo e Rio de Janeiro, por exemplo, já liberaram as versões digitais do RG para os moradores do estado. Basta baixar o aplicativo equivalente ao local que reside.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Lila Cunha
Lila Cunha é formada em jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Atua como repórter especial para o portal FDR. É responsável por selecionar as informações abordadas e garantir o padrão de qualidade das notícias veiculadas. Além disso, trabalha com apuração de hard news desde 2019, cobrindo o universo econômico em escala nacional.