Entenda o que mudou na prova de vida do INSS para renovar o seu benefício

Com nova mudança, a prova de vida do INSS para renovar o seu benefício deve ser menos burocrática. O que garante a maior facilidade são algumas alterações nas regras, publicadas recentemente no Diário Oficial da União (DOU).

publicidade
Entenda o que mudou na prova de vida do INSS para renovar o seu benefício (Imagem: FDR)
Entenda o que mudou na prova de vida do INSS para renovar o seu benefício (Imagem: FDR)

Passando a vigorar desde o último dia 2, a prova de vida para os segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) não é mais presencial. A solicitação da presença de aposentados e pensionistas para realizar o processo presencialmente era um dos pedidos mais recorrentes do instituto.

Prova de vida do INSS deixa de ser presencial

Diante da alteração feita por portaria, a prova de vida passa a ser realizada agora por meio do cruzamento de dados do governo.

publicidade

Agora, cabe ao INSS verificar se o segurado está vivo. Anteriormente, a ida do aposentado ou pensionista a uma agência bancária para comprovar que não morreu era uma obrigação do segurado.

A prova de vida digital se restringia apenas para aqueles que possuíam biometria facial registrada no Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) ou mesmo no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), estes poderiam realizar a comprovação através do aplicativo Meu INSS.

Para idosos a partir de 80 anos, ou pessoas que tenham dificuldades de locomoção, era possível solicitar a visita em domicílio com agendamento por telefone ou pelo aplicativo Meu INSS.

Nova prova de Vida do INSS

Diante das mudanças propostas, a ida presencial se torna opcional para ser utilizada como um último recurso. Movimentações por parte do beneficiário em até dez meses após o aniversário do segurado, como votação em eleições, registro de transferências de bens, renovação de documentos, vacinação ou consultas pelo Sistema Único de Saúde (SUS), garantem a prova de vida do segurado.

Caso não seja registrado nenhum movimento citado, o INSS realizará outras formas de prova de vida que ainda devem ser definidas. Uma das soluções estudadas pelo órgão é a comprovação por meio da digital, com envio de fotos pelo aplicativo, pensados para funcionar a partir de 2023. Sendo implementado de maneira gradual a partir de 31 de dezembro.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

De acordo com o Ministério do Trabalho e Previdência, todos os anos, cerca de 35 milhões de aposentados e pensionistas precisam realizar a prova de vida anual.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Hannah Aragão
Hannah Aragão é graduanda em jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco, a UFPE. Atuou em diversas áreas da comunicação, passando por assessoria, endo marketing, comunicação estratégica e jornalismo impresso. Atualmente, se dedica ao jornalismo online na produção de matérias para o portal FDR.