Auxílio Brasil e Vale Gás: Caixa paga a parcela de junho para NIS final 7 nesta segunda-feira

Neste mês de junho a Caixa Econômica Federal paga duas transferências de renda acumuladas, o Auxílio Brasil e Vale Gás. Neste mês, milhões de beneficiários em situação de vulnerabilidade social têm a chance de receber até R$ 453.

publicidade
Auxílio Brasil e Vale Gás: Caixa paga a parcela de junho para NIS final 7 nesta segunda-feira
Auxílio Brasil e Vale Gás: Caixa paga a parcela de junho para NIS final 7 nesta segunda-feira.
(Imagem: FDR)

Nesta segunda-feira (27), é a vez dos beneficiários do Auxílio Brasil e Vale Gás cujo Número de Identificação Social (NIS) termina em 7 receberam a sexta parcela dos benefícios. Lembrando que após o Governo Federal editar a Medida Provisória que dispõe sobre o Auxílio Brasil, o valor mínimo da transferência foi fixado em R$ 400

Em contrapartida, o Vale Gás foi elevado para R$ 53 com base na última média da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) a respeito do preço médio do botijão de gás de 13 kg no mercado nacional. A apuração é mensal e sempre é usada como base para chegar ao valor do benefício, que equivale a 50% do preço de venda do item.

publicidade

Para receber o Auxílio Brasil e Vale Gás os cidadãos precisam estar atentos à inserção no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal, com os dados devidamente atualizados. A partir daí, é preciso verificar os critérios de elegibilidade de cada um dos programas particularmente. 

Quem pode receber o Auxílio Brasil?

O Auxílio Brasil é direcionado às famílias em situação de vulnerabilidade social que tenham em sua formação, gestantes, crianças e adolescentes. A elegibilidade é distribuída em dois grupos, o primeiro formado por pessoas em situação de extrema pobreza, cuja renda familiar per capita chega a R$ 105.

O segundo consiste nas pessoas em situação de pobreza com renda familiar per capita entre R$ 105,01 a R$ 210Há três possibilidades para recebimento do Auxílio Brasil:

  • Se já tinha o Bolsa Família: Auxílio Brasil será pago automaticamente;
  • Se está no CadÚnico, mas não recebia o Bolsa Família: vai para a lista de reserva;
  • Se não está no CadÚnico, é preciso buscar um Cras para registro, sem garantia de receber.

Quem pode receber o Vale Gás?

Podem receber o Vale Gás os cidadãos que:

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

  • Ter inscrição ativa no Cadastro Único (Cadúnico);
  • Possuir renda familiar per capita de até meio salário mínimo (R$ 606); OU
  • Ter renda familiar total igual ou inferior a três salários mínimos;
  • Recebe também, famílias com renda superior a três salários mínimos, desde que estejam incluídas em programas de transferência de renda implementados pelas três esferas de governo;
  • Por fim, ter entre os membros da família pessoa que recebe o Benefício de Prestação Continuada (BPC/Loas).
publicidade

Contudo, é importante lembrar que o alcance do programa é limitado. Sendo assim,  foi liberado algumas regras de prioridade, sendo para:

  • Famílias com cadastro atualizado no Cadúnico, nos últimos dois anos;
  • Com menor renda;
  • Que tenham maior quantidade de integrantes;
  • Famílias contempladas pelo Auxílio Brasil;
  • Com cadastro qualificado pelo gestor através do uso das informações da averiguação (se disponíveis).

Calendário do Auxílio Brasil e Vale Gás

  • NIS final 1: dia 17 de junho;
  • NIS final 2: dia 20 de junho;
  • NIS final 3: dia 21 de junho;
  • NIS final 4: dia 22 de junho;
  • NIS final 5: dia 23 de junho;
  • NIS final 6: dia 24 de junho;
  • NIS final 7: dia 27 de junho;
  • NIS final 8: dia 28 de junho;
  • NIS final 9: dia 29 de junho;
  • NIS final 0: dia 30 de junho.
publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.