Aprovado novo empréstimo de R$ 4.500 pelo Caixa Tem; veja como solicitar

Foi aprovado na Câmara dos Deputados a Medida Provisória (MP) que cria novos limites para o empréstimo liberado no Caixa Tem. A MP 1107/22 foi analisada pelo deputados, e agora segue para discussão e possível aprovação no Senado Federal. O objetivo é ampliar o limite de crédito para R$ 4.500.

Aprovado novo empréstimo de R$ 4.500 pelo Caixa Tem; veja como solicitar
Aprovado novo empréstimo de R$ 4.500 pelo Caixa Tem; veja como solicitar (Imagem: FDR)

Hoje, já existem linhas de crédito oferecidas em nome do Caixa Tem. No entanto, estão limitadas ao valor de R$ 1 mil para pessoas física e R$ 3 mil para empreendedores. A ideia da MP é que estes limites sejam reajustados para os dois grupos, possibilitando a requisição de um valor maior.

O empréstimo disponível atualmente foi chamado de SIM Digital. E seu objetivo é oferecer uma linha de crédito que possa servir para investimento em pequenas empresas. Tanto para a pessoa física que quer montar um negócio, como para o micro empreendedor individual (MEI).

A solicitação é feita no aplicativo Caixa Tem, desde que o cidadão atualize seus dados. Para o MEI o pedido deve acontecer diretamente em uma agência da Caixa Econômica, mas o valor poderá ser depositado na poupança digital do Caixa Tem.

Como é o empréstimo do Caixa Tem

De uma forma resumida, hoje as condições para empréstimo no Caixa Tem são:

Para pessoas físicas

  • Limite do crédito de até R$ 1 mil;
  • Taxa de juros a partir de 1,95% ao mês;
  • Prazo para pagamento: de 12 até 24 meses;
  • A solicitação é feita digitalmente direto pelo aplicativo Caixa Tem.

Para o MEI

  • Limite de crédito de até R$ 3 mil;
  • Taxa de juros: a partir de 1,99% ao mês;
  • Prazo para pagamento: de 18 até 24 meses;
  • Todavia a solicitação por enquanto é somente nas agências.

Dentro deste programa já existente, pelo menos 1 milhão de pessoas já foram beneficiadas.

Possíveis mudanças

Caso a MP seja aprovada, serão estabelecidos novos limites para contratação do empréstimo. 

Pessoa física:

  • Disponível até R$ 1.500.

MEI:

  • Disponível até R$ 4.500.

Não foram informadas as formas de pagamento, e se haverão alterações nas taxas de juros. Essas mudanças deverão passar também pela administração da Caixa Econômica.

Para bancar as alterações, a MP prevê usar R$ 3 bilhões do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Lila CunhaLila Cunha
Formada em jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC) desde 2018. Já atuou em jornal impresso. Trabalha com apuração de hard news desde 2019, cobrindo o universo econômico em escala nacional. Especialista na produção de matérias sobre direitos e benefícios sociais. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: lilacunha.fdr@gmail.com