Saiba como contestar a suspensão do seu Auxílio Brasil através do CadÚnico

Pontos-chave
  • Atualização de dados no CadÚnico é obrigatório a cada dois anos;
  • A suspensão do pagamento pode acontecer caso não haja atualização de dados;
  • O primeiro passo ao se deparar com a suspensão do pagamento é procurar uma unidade de assistência social.

Atualmente, 18,1 milhões de pessoas são beneficiadas com o pagamento do Auxílio Brasil. No entanto, outras pelo menos 5 milhões de pessoas aguardam para fazer parte do programa. Isso significa que aqueles que já estão inscritos, devem se proteger para evitar a suspensão do seu Auxílio Brasil.

Saiba como contestar a suspensão do seu Auxílio Brasil através do CadÚnico
Saiba como contestar a suspensão do seu Auxílio Brasil através do CadÚnico (Imagem: FDR)

Para receber o valor mínimo de R$ 400 em nome do programa social é necessário cumprir com alguns requisitos. O principal é estar inscrito no Cadastro Único (CadÚnico), o banco de dados de assistência social do governo brasileiro.

Por meio deste sistema é que o governo consegue identificar quais são as pessoas que precisam ser assistidas por benefícios sociais. E ainda, contabilizar quais as regiões mais afetadas com os índices de pobreza e extrema pobreza.

Além do Auxílio Brasil, ser inscrito no CadÚnico garante acesso a outros programas sociais. Por exemplo: Tarifa Social, Benefício de Prestação Continuada (BPC), vale gás, aluguel social e etc.

É através desta inscrição que o Ministério da Cidadania seleciona a família para ser beneficiada por algum salário social. Por isso, fazer parte do sistema é tão importante.

Como se inscrever no CadÚnico

O representante da família deve reunir os documentos de todos os que residem no mesmo endereço para fazer a inscrição no CadÚnico. Dessa forma, demonstra interesse em ser beneficiado por algum salário social.

  • 1° passo: compareça até uma unidade de assistência social do município com os documentos para inscrição no Cadastro Único;
  • 2° passo: informe todos os dados sobre o titular da família e seus dependentes;
  • 3° passo: aguarde ser selecionado por um programa social.

Os documentos exigidos para o titular e seus dependentes são:

  • RG;
  • CPF;
  • Certidão de Nascimento;
  • Comprovante de renda;
  • Título de eleitor.

É possível fazer um pré cadastro online, usando o app Cadastro Único ou a versão web. Ainda assim, será necessário comparecer em até 120 dias na unidade do CRAS ou CREAS para dar continuidade a inscrição.

Motivos que levam a suspensão do Auxílio Brasil

Mas, afinal, o que o CadÚnico tem haver com a suspensão do Auxílio Brasil? É que a falta de atualização de dados é o principal motivo que leva ao bloqueio do pagamento. 

Os dados devem, justamente, ser atualizados na plataforma do governo federal. Isso significa que o Ministério da Cidadania deve estar ciente de todas as alterações de dados da família beneficiada.

Também são motivos que levam a suspensão do Auxílio Brasil:

  • Renda familiar superior a R$ 210 per capita;
  • Adquirir emprego formal que aumente a renda do titular da família;
  • Receber benefícios previdenciários;
  • Estar com os dados desatualizados no CadÚnico a mais de dois anos.

Auxílio Brasil suspenso, e agora?

Para contestar a suspensão do Auxílio Brasil, o titular do benefício pode recorrer ao CadÚnico. É obrigatório que o governo federal seja avisado sobre:

  • Morte ou nascimento de algum membro da família;
  • Mudança de endereço;
  • Mudança de unidade escolar das crianças ou adolescentes;
  • Aumento ou diminuição da renda familiar.

Os dados da família podem estar incorretos no sistema, por isso o salário deixou de ser depositado. Para buscar a liberação, o primeiro passo é atualizar o cadastro na unidade de assistência social do município.

É preciso levar os documentos que comprovem que houve mudança, ou que os dados continuam o mesmo. Dessa forma, o cidadão e seus familiares poderão ser colocados novamente na lista de beneficiários.

Como saber que o Auxílio Brasil foi suspenso?

Ao fazer o saque, o titular pode perceber que o benefício na verdade está suspenso ou bloqueado. Outra forma é por meio do recebimento de SMS ou e-mail informando que os dados da família precisam ser atualizados.

A consulta do pagamento do Auxílio Brasil pode ser feita diretamente no app do programa, ou por meio do app Caixa Tem.

Verificando este tipo de suspensão, caso não tenha relação com os dados no CadÚnico, o aconselhado é ir até a Caixa Econômica, pois pode ter haver com a conta de pagamento. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Lila Cunha
Lila Cunha é formada em jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Atua como repórter especial para o portal FDR. É responsável por selecionar as informações abordadas e garantir o padrão de qualidade das notícias veiculadas. Além disso, trabalha com apuração de hard news desde 2019, cobrindo o universo econômico em escala nacional.