Lula acusa Bolsonaro de plágio alegando que o atual presidente roubou seu projetos políticos

Lula acusa Bolsonaro de plágio. O ex-presidente alega que teve seus projetos políticos roubados pelo atual Chefe Executivo. A situação aconteceu em meio ao ato com militantes na Arena das Dunas, estádio de futebol localizado em Natal, Rio Grande do Norte.

O ex-presidente e pré-candidato do PT à presidência, Luiz Inácio Lula da Silva, acusou Bolsonaro do PL, a quem chamou de “Bozo” de ter plagiado seu projeto. Durante o ato, Lula chamou também o ex-ministro do Desenvolvimento Regional Rogério Marinho, pré-candidato a senador pelo PL de “desgraçado”.

Após a ida do candidato do PT, Jair Bolsonaro também chega ao estado. No Rio Grande do Norte, o presidente participa do lançamento do programa “Internet Brasil”, juntamente com o ministro das Comunicações, Fábio Faria. Bolsonaro participa também da “Marcha com Jesus pela Liberdade”.

 Durante a passagem de Lula pelo estado, o discurso do petista foi de defesa da autoria do projeto de transposição do Rio São Francisco, com obras iniciadas pelo governo Lula.

Lula disse ter visto na televisão “um baixinho, um tal do Marinho, um dos preferidos do Bozo” dizer que levou água da transposição para os Estados nordestinos. “Desgraçado não quer pagar pelo plágio. Todo mundo sabe que quem construiu 88% do canal foram os governos do PT”, afirmou o ex-presidente.

 O petista aproveitou a fala para citar o caso do indigenista Bruno Araújo e do jornalista Dom Phillips, assassinados na Amazônia, e demonstrou repúdio à prática de garimpo em terra indígena.

Com vaias a Alckmin, Lula faz discurso em clima de pré-campanha em Natal

Com as eleições cada vez mais próximas, o clima de campanha parece ter iniciado. Apesar do apoio ao ex-presidente, os militantes presentes no ato vaiaram o ex-senador e governador Garibaldi Alves (MDB), e Geraldo Alckmin.

Na tentativa de conter a situação e reverter o descontentamento do público, a presidente do PT, Gleisi Hoffman falou sobre o palanque de Lula ter membros com os quais os eleitores divergem, mas que todos são a favor da democracia e contra o presidente Bolsonaro.

Na ocasião, a governadora Fátima Bezerra (PT) também defendeu as novas alianças do partido. “Seja muito vindo governador Geraldo Alckmin” e completou “É assim que se faz avançar. Para mudar a vida do povo, a gente primeiro precisa ganhar a eleição!”, com a fala da governadora, a plateia se viu dividida entre vaias e aplausos.

A passagem de Lula pelo Rio Grande do Norte fez parte do roteiro do ex-presidente por alguns estados do Nordeste.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Hannah Aragão
Hannah Aragão é graduanda em jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco, a UFPE. Atuou em diversas áreas da comunicação, passando por assessoria, endo marketing, comunicação estratégica e jornalismo impresso. Atualmente, se dedica ao jornalismo online na produção de matérias para o portal FDR.