Pernambuco cria auxílio de R$ 2.500 para a população afetada com as chuvas

Há dias várias cidades pernambucanas sofrem com os efeitos das fortes chuvas que passaram pelo Estado causando estragos gigantescos. Como uma medida emergencial à atual situação, o Governo de Pernambuco criou um auxílio de R$ 2.500 para a população afetada pelo desastre natural.

O auxílio de R$ 2.500 foi criado em parceria entre as prefeituras dos municípios atingidos pelas chuvas junto ao Governo de Pernambuco. Em cada uma das cidades os agentes dos órgãos competentes farão vistorias nas áreas mais afetadas nos últimos para ter uma noção melhor e ampla sobre a real situação. 

A Prefeitura de Recife junto à Câmara Municipal e o Governo de Pernambuco são as responsáveis pela criação do auxílio de R$ 2.500. Os contemplados serão as famílias drasticamente afetadas pelo desastre natural, desde que estejam inscritas no banco de dados do Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal. 

A ajuda será direcionada aos moradores das áreas de risco e pontos de alagamento definidos pela Defesa Civil na capital pernambucana. O auxílio de R$ 2.500 será liberado em uma única parcela somada ao auxílio-moradia concedido a quem perdeu a casa nas enchentes e deslizamentos. 

O benefício passará de R$ 200 para R$ 300 por mês, além de um incremento de 50%. A atualização também vale para os atuais 5.594 beneficiários, além das famílias cadastradas no programa pelas equipes da Defesa Civil e Assistência Social. 

No que compete ao benefício concedido diretamente pelo Estado de Pernambuco, a população afetada pelas chuvas terão direito a uma quantia no valor equivalente a R$ 1.500. Na oportunidade, o governador Paulo Câmara informou que a medida terá pagamento em vota única. 

Segundo o governador, 37 cidades já decretaram estado de emergência e 128 pessoas morreram atingidas pelas fortes chuvas que chegaram a passar de 200mm em apenas 24 horas na semana passada. O governador Paulo Câmara também decretou luto oficial de três dias pelas 128 vítimas.

Além do benefício estadual de R$ 1.500, o governador enviou projeto de lei para conceder o pagamento de pensão vitalícia de um salário mínimo aos dependentes das 128 pessoas mortas pelas enchentes que atingiram o estado.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.