Golpe do seguro de vida acaba em prisão de esposa; entenda

Nesta terça, 31, uma mulher foi presa em Cabo Frio, Região dos Lagos, após a suspeita de que ela teria mandado matar seu marido. A prisão aconteceu durante a operação “Viúva Negra” realizada em Unamar, no segundo distrito. 

De acordo com a polícia, o motivo do crime teria sido a concessão de uma apólice de seguro de vida, no valor de cerca de R$ 1,2 milhão, em nome de seu companheiro. O possível motivo foi descoberto após as investigações e um trabalho de inteligência da 126ª DP.

A vítima, Jonas Ribeiro da Silva, foi morto a tiros no distrito de Tamoios em 20 de novembro de 2021. A prisão aconteceu em cumprimento a um mandado de prisão da mulher por crime de homicídio. Nas buscas, os policias encontraram na casa dela um revolver calibre 32. A mulher também foi presa em flagrante por posse ilegal de arma de fogo.

Seguro de vida

Todo tipo de seguro de vida é guiado por uma lógica padrão: o contratante adere ao serviço e paga por ele durante um período para obter uma indenização, se algo não planejado acontecer. É a mesma lógica seguida pelos seguros de carro, de casa, entre outros.

No seguro de vida, o titular, que é o contratante da apólice, paga por mês ou anualmente pelo serviço para ter direito a receber um montante em dinheiro caso um sinistro aconteça, isto é, quando um acontecimento previsto no contrato, como morte ocorre, a seguradora efetua o pagamento da indenização.

Este tipo de seguro é muito associado à morte, uma vez que esta é a cobertura mais popular entre as pessoas. Quando acontece a morte do segundo, a família recebe um montante em dinheiro para ajudá-los financeiramente a retomar a rotina.

O valor pode ser empregado para pagar gastos funerários, inventário, e outros gastos, uma vez que na maioria dos casos o segurado garantia a renda principal daquela família.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.