Imposto de Renda 2022: empresa não forneceu informe de rendimentos? Saiba o que fazer

Se a empresa não forneceu o informe de rendimento para o Imposto de Renda 2022, o contribuinte precisa saber quais medidas deve tomar. 

publicidade

O informe de rendimento é um dos principais documentos necessários para realizar o envio do IRPF e precisava ter sido enviado até o dia 26 de fevereiro. Este é fornecido ao contribuinte pelas instituições financeiras, empregadores e outras fontes que realizam retenções do imposto.

O que fazer no caso de não ter o documento

Para realizar a declaração, o comprovante é um documento indispensável, isso porque é nele que constam as informações que as fontes pagadoras prestaram. Para o caso de não ter o informe de rendimento em mãos, algumas medidas precisam ser tomadas. Confira:

1- A princípio, a primeira coisa a se fazer é, de forma amigável, estabelecer um contato inicial com as fontes pagadoras, seja via telefone, e-mail, WhatsApp ou mesmo no site institucional para solicitá-los o informe de rendimento, todo tempo é válido e o prazo está se esgotando;

publicidade

2- Lembre-se de verificar o e-mail, isso inclui os spams já que os informes podem estar entre os e-mails antigos ou o servidor pode tê-lo classificado automaticamente como “lixo eletrônico”.

3-  No caso do comprovativo realmente não ter sido providenciado e a fonte pagadora esteja dificultando o fornecimento do documento, o contribuinte terá de comunicar a situação para a Receita Federal do Brasil – RFB.

Quem não recebeu o documento está isento da declaração?

Para o contribuinte que não recebeu o informe de rendimento, a declaração do Imposto de Renda segue sendo necessária. Sendo assim, as informações preenchidas serão aquelas que o mesmo possui.

A ausência do informe de rendimento deve ser comunicada o mais rápido possível para a Receita Federal. Lembrando que o prazo para a declaração do Imposto de Renda 2022 vai até o dia 31 de maio.

Multa

Por se tratar de um documento obrigatório, toda empresa ou fonte pagadora que por alguma razão deixa de fornecer o comprovante de rendimentos para seus beneficiários dentro do prazo previsto, ou mesmo que realiza a entrega, mas com omissão de dados, inexatidão ou equívocos, está sujeita a multa de R$ 41,43 por documento.

 

publicidade

*Contém informações do Portal Dedução.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Hannah Aragão
Hannah Aragão é graduanda em jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco, a UFPE. Atuou em diversas áreas da comunicação, passando por assessoria, endo marketing, comunicação estratégica e jornalismo impresso. Atualmente, se dedica ao jornalismo online na produção de matérias para o portal FDR.