Imposto de Renda 2022: descubra tudo o que fazer para não errar na declaração de renda variável

O prazo para declarar o Imposto de Renda 2022 se encerra no próximo dia 31 de maio e para quem deixou para organizar tudo nos últimos dias toda atenção é necessária para não errar na declaração de renda variável.

publicidade

Para evitar erros na declaração do IR, muitas pessoas recorrem a ajuda especializada, o que pode ser uma boa opção, entretanto, estar atento a algumas dicas também pode ser bastante útil nessa reta final do prazo.

Como não errar na declaração de renda variável

Apesar de não ser difícil, declarar imposto de renda é uma atividade complexa que demanda bastante atenção e um tempo que nem todos podem dar. Por isso, o CEO da Sencon, Willian Strapazzon, plataforma de suporte para declaração das operações em renda variável no Imposto de Renda, comenta que esse é um tema cansativo até mesmo para investidores mais experientes. 

Sendo assim, para auxiliar o declarante, o especialista separou algumas dicas que tornarão esse momento menos complexo, além de uma dica extra para quem investe em criptomoedas:

publicidade

Reúna as informações e organize os documentos

Strapazzon explica que a complexidade da declaração está diretamente relacionada aos diferentes tipos de investimentos que o contribuinte possui. Estar organizado é essencial nessa etapa. “Antes de abrir o computador e iniciar o preenchimento da declaração, é fundamental ter em mãos todas as informações de que irá precisar, isto é, todos os documentos que comprovem as operações do dia 1º de janeiro a 31 de dezembro do ano correspondente (neste caso, 2021)”, explica.

Os documentos e informações são:

  • Valores e movimentações de cada mês;
  • Diferentes ativos, organizando as informações por tipo de vendas (comuns ou day trade);
  • DARFs (Documentos de Arrecadação de Receitas Federais) de cada mês;
  • Notas de corretagem;
  • Extratos de IR, chamados também de “dedo-duro”;
  • Informe de rendimento da corretora utilizada referente aos proventos declarados e recebidos.

 

Confira os lucros e prejuízos de cada operação

publicidade

Com toda a documentação, é hora de calcular os lucros obtidos nas negociações em renda variável:

  • Preço médio de compra: quantidade de ações x preço pago + custos de corretagem e taxas cobradas pela bolsa.
  • Preço médio de venda: quantidade de ações x preço vendido – custos de corretagem e taxas cobradas pela bolsa.
  • Feito isso, calcule a média mensal para encontrar o lucro ou prejuízo de todos os ativos. Separe as operações entre “comuns” e “day trade”, pois elas são declaradas separadamente.

 Guarde com cuidado todos os documentos

publicidade

O especialista aconselha que os documentos anteriormente citados sejam guardados por um período mínimo de cinco anos. “Em algum momento, poderá ser necessário o levantamento de alguma dessas informações ou dados para comprovar seus rendimentos, analisar possíveis divergências ou evitar multas”, esclarece.

No mais, Strapazzon alerta que todos os ganhos e prejuízos devem ser declarados, mas que não há a necessidade de pagar o imposto sobre todos os ativos. Ou seja, devem ser declarados os seguintes investimentos em renda variável:

  • Ações;
  • Day trades;
  • ETFs (Exchange Traded Funds);
  • Fundos imobiliários.
  • Dica extra: Bitcoin e criptomoedas
publicidade

Caso esteja na carteira de investimentos Bitcoins ou outras criptomoedas, os ativos digitais devem ser informados na declaração segundo uma exigência recente da Receita Federal, que, por meio da Instrução Normativa n°1.888/2019, passou a requerer a declaração mensal.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

 

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Hannah Aragão
Hannah Aragão é graduanda em jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco, a UFPE. Atuou em diversas áreas da comunicação, passando por assessoria, endo marketing, comunicação estratégica e jornalismo impresso. Atualmente, se dedica ao jornalismo online na produção de matérias para o portal FDR.