Tá tudo caro? Estas dicas podem trazer grande alívio para o seu bolso

O peso da inflação está sendo sentido diariamente pela população brasileira. Desde o café da manhã até o combustível, a lata de preços não da trégua. Diante disso, dicas para enfrentar este momento difícil são sempre bem vindas. 

De início, é importante saber exatamente o quanto você ganha por mês e quanto gasta, de acordo com as dicas do educador financeiro do C6 Bank, Liao Yu Chieh.

Para conferir estas questões, Liao aconselha que os consumidores anotem tudo o que entra e o que sai e separe os gastos em categorias como lazer, educação, alimentação, etc. Se esta conta acabar não fechando, ele recomenda que sejam identificados e cortados da lista de gastos tudo que for considerado supérfluo ou que possa ser jogado para frente.

“Ao anotar seus gastos, talvez você perceba que pode economizar na conta de celular para ter uma proteína melhor no prato ou trocar um delivery caro por um carrinho mais cheio no supermercado. Depende da realidade de cada um. O objetivo é saber no que está gastando para tomar melhores decisões e evitar compras por impulso que pesam no final do mês”, sugere ele ao Valor Investe.

Liao também recomenda que os consumidores façam pesquisa de preços. Esta dica pode parecer óbvia, no entanto, é muito válida para aquelas pessoas que tem o costume de comprar no impulso. “Passou na frente da loja e gostou do produto? Pesquise o preço dele em outros lugares. Além da possibilidade de encontrar um preço menor, você ganha tempo para pensar se precisa mesmo”, disse ele.

Sabe quando a gente espera para comprar algo que queremos e descobrimos que não precisava tanto daquilo? Esta é uma recomendação do educador que é válida para compras feitas em lojas que a pessoa passa com frequência, como lojas perto de casa e do trabalho ou na internet.

“Quando você espera um dia, acaba tendo consciência de que não precisava ter comprado aquele item que levou no dia anterior. Isso não vale para compras em lugares que você frequenta pouco ou sabe que não vai mais voltar lá”, explica ele ao Valor Investe.

Estas e outras dicas podem te ajudar a enfrentar este período de inflação de forma um pouco mais tranquila.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.