Polêmica: Prefeitura paga R$ 800 mil por show de Gusttavo Lima; entenda o caso

Nesta quarta, 25, o Ministério Público de Roraima comunicou que instaurou um inquérito para investigar a contratação pela Prefeitura de São Luiz de um show do sertanejo Gusttavo Lima no valor de R$800 mil. O show que tem previsão de ser realizado em dezembro, contará ainda com a presença da cantora Solange Almeida e da dupla Cesar Menotti e Fabiano.

A cidade de São Luiz é habitada por cerca de 8.000 pessoas e possui o segundo PIB mais baixo do estado de Roraima, avaliado em R$147,6 milhões. Entre os pontos que a promotoria quer se inteirar é sobre como os recursos foram arrecadados para custear o evento e se ele irá trazer algum tipo de retorno para a cidade. 

Considerando todo o evento da vaquejada, o montante gasto deve ser de R$3 milhões. Foi dado um prazo de dez dias para que o município responda os questionamentos do Ministério Público.

Gusttavo Lima devem o cachê mais alto de um artista no país, cobrando até R$1 milhão por show. A contração do cantor ganhou repercussão nas redes socais e uma das postagens sobre o tema teve 79 mil curtidas em apenas um dia.  “Cada habitante pagou cerca de 100 reais para o show acontecer. Idosos, bebês, todos pagaram. Claro que não precisam de Lei Rouanet”, disse um perfil que comentou a notícia.

A prefeitura da cidade foi procurada pelo portal R7, mas não se manifestou sobre o evento. O portal também procurou a assessoria do cantor Gusttavo Lima que também não respondeu.

Shows cancelados 

Esta não é a primeira vez que casos como este chamam a atenção. No mês passado, um show do cantor Wesley Safadão também virou caso na Justiça depois que o Ministério Público do Maranhão solicitou a suspensão do show que tinha sido contratado pela prefeitura de Vitória do Mearim, localizada no norte do estado. A cidade possui 30 mil habitantes.

O ministro Humberto Martins, do Superior Tribunal de Justiça, classificou o show como “lesão à ordem e à economia públicas”. Ele disse que o gasto de R$ 500 mil não era compatível com a realidade orçamentária do município. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.