Gasolina a R$ 3? Entenda fala que fez apoiadores aplaudirem Bolsonaro

Na noite da última terça, 24, uma fala do presidente Bolsonaro causou uma confusão entre os apoiadores que conversavam com ele. Ao se referir a postura dos seus adversários e outros governantes, o presidente falou sobre as promessas relativas ao preço da gasolina, declaração que pareceu uma promessa para os apoiadores presentes.

Bolsonaro fez críticas aos governos de esquerda em todo o mundo por conta do que ele classificou como “discursos fáceis”. “É sempre aquele discurso fácil, de ‘salvar, ajudar’. ‘A gasolina vai voltar a R$ 3 o litro’. Está no mundo todo a R$ 12, só aqui que vai voltar a R$ 3”, criticou.

O presidente foi aplaudido neste momento pelos seus apoiadores e acabou ficando aparentemente desconfortável. Ele então tentou se explicar:  “Não, peraí, peraí”, disse ele. No momento em que uma mulher completou: “Isso é o que dizem, é o que estão prometendo”, o presidente concordou: “É o que o outro cara diz, não é o que eu digo.”

No entanto, o presidente não comentou nada sobre a mais nova troca na presidência da Petrobras, que foi anunciada no início da semana. Esta foi a terceira troca no comando da estatal deste o início do seu governo. 

Bolsonaro também comentou a respeito de “problemas que apareceram” ao longo de seu governo. Ele aproveitou para dizer que recebe ataque por todos os lados e criticou aquelas pessoas que votam nulo, porém, disse que não estava pedindo votos.

“Não se esqueçam que vocês são responsáveis pelas suas decisões. Igual casamento, o cara casa errado, começa torto. Ou vota com raivinha, ou não vota em ninguém”, afirmou.

O presidente novamente não se culpou pela inflação em alta que atinge o país e conferiu o aumento somente a fatores externos, como o conflito na Ucrânia. Bolsonaro disse que está fazendo sua parte, mas que não é responsável por governar o mundo todo. 

“Tem um cara que diz que vai (resolver o mundo) tomando cerveja”, disse o presidente, se referindo possivelmente a Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o grande adversário de Bolsonaro nas eleições.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.