Milionários estão ‘desesperados’ para pagar mais impostos; entenda

Um grupo formado por cerca de 150 milionários está convocando os participantes de elite do Fórum Econômico Mundial 2022, em Davos, para tributá-los ainda mais. Na última segunda, 23, este grupo que é conhecido como “Milionários Patrióticos” publicou uma carta aberta em que reiterava as solicitações para que quem participasse do evento reconhecesse o “perigo da desigualdade de riqueza descontrolada em todo o mundo e apoiem publicamente os esforços para tributar os ricos”.

A carta dizia “taxem-nos, os ricos, e taxem-nos agora”. Entre os signatários da carta estavam a herdeira Abigail Disney e o ator Mark Ruffalo. Nesta carta eles falam sobre como a desigualdade cravada no sistema tributário do mundo trouxe desconfianças entre os povos e suas elites ricas.

Como forma de recuperar esta confiança, o grupo disse que seria preciso uma revisão completa de um sistema que até agora foi deliberadamente projetado para tornar os ricos mais ricos. Para simplificar, restaurar a confiança exige tributar os ricos”, falaram.

Os milionários falaram ainda que a cúpula do evento em Davos não era merecedor da confiança mundial neste momento, por conta da falta de “valor tangível” provenientes de debates em eventos passados. No último fim de semana, alguns dos milionários chegaram a organizar protestos pró-tributação em Davos.

Este pedido mais recente dos ricos para serem mais tributados acontece simultaneamente com a elevação dos preços que cresce o custo de vida da população  no mundo todo.

Uma referência a um resumo da Oxfam publicado no início da semana foi feita pelo grupo. Foi descoberto que ao longo dos dois primeiros anos da pandemia, um novo bilionário surgiu a cada 30 horas. Ao mesmo tempo, a Oxfam fez uma estimativa de que milhões de pessoas podem entrar na extrema pobreza.

A membro fundadora do Patriotic Millionaires U.K., Julia Davies, afirmou que “por mais escandaloso que seja que os governos pareçam totalmente inativos em lidar com o custo de vida, é igualmente escandaloso que eles permitam que a riqueza extrema fique nas mãos de tão poucos pessoas.”

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.