Aprenda a investir em empresas como Apple e Microsoft a partir de R$ 10

Nesta quinta-feira (19), chegou à bolsa de valores um novo fundo de índice (ETF, na sigla em inglês) para investir. O Trend MSCI US Technology, ou UTEC11, da XP Asset, possibilita que o investidor tenha acesso a 357 companhias de tecnologia listadas em bolsas dos Estados Unidos.

Aprenda a investir em empresas como Apple e Microsoft a partir de R$ 10
Aprenda a investir em empresas como Apple e Microsoft a partir de R$ 10 (Imagem: Montagem/FDR)

Grande parte das empresas inseridas no investimento são globais (big techs), dos setores de tecnologia, software, hardware, semicondutores, entre outros.

O novo ETF replica o desempenho do índice MSCI US Investable Market Information Technology 25/50. Na cesta de ativos, algumas das empresas que se destacam são: Apple, Microsoft, Visa, Mastercard, Adobe e Nvidia.

Segundo o gestor da família de fundos indexados da XP, Danilo Gabriel, o novo ETF abrange companhias que estão na vanguarda da tecnologia mundial, “impulsionando disrupções que transformam o dia a da das pessoas em diversas áreas, como comunicação e finanças.

Com o UTEC11, a XP Asset abrange, em sua família de fundos passivos, 16 ETFs. Estes incluem teses internacionais, com exposição a Europa, Ásia, China e mercados internacionais.

Também existe a possibilidade de encontrar ETFs temáticos, como empresas ESG (ambiental, social e governança), small caps, fundos imobiliários, REITs e ações mais negociadas do índice Ibovespa.

Como investir em novo fundo de investimento

O UTEC11 está disponível para todos os tipos de investidores, inclusive pessoas físicas. Existe a possibilidade de investir nessa aplicação a partir de R$ 10. Para investir na bolsa de valores, o interessado precisa ter conta em alguma corretora de valores.

O ETF possui taxa de administração de 0,3% ao ano. A cesta tem rebalanceamento trimestral. Normalmente, as revisões acontecem nos meses de fevereiro, maio, agosto e novembro.

Os fundos de investimentos

Um ETF é um fundo de investimento negociado em bolsa de valores, como uma ação. Essa aplicação também pode ser chamada de fundo de índice. Esses fundos surgiram no fim da década de 80 nos Estados Unidos.

Grande parte dos ETFs acompanham um índice, como um índice de títulos ou índice de ações. Os fundos de investimento podem ser atraentes para aplicar devido a seus custos baixos, eficiência tributária e recursos semelhantes a ações.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.