Bolsa de Valores: ações da Petrobras têm forte alta; troca de Ministro tem alguma relação?

Nesta quarta-feira (11), as ações da Petrobras registraram forte alta na bolsa de valores. As ações ordinárias e preferencias da estatal subiram, respectivamente, 5,04% e 3,48%. As valorizações foram impulsionadas pelo movimento de alta nos preços do petróleo no mercado internacional.

Bolsa de Valores: ações da Petrobras tem forte alta; troca de Ministro tem alguma relação?
Bolsa de Valores: ações da Petrobras tem forte alta; troca de Ministro tem alguma relação? (Imagem: Montagem/FDR)

A bolsa de valores brasileira operou em alta nesta quarta-feira, puxadas pela elevação nos valores das commodities, que apresentaram recuperação.

Isso aconteceu devido à melhora das projeções sobre a economia da China. No país asiático, houve flexibilização dos lockdowns, diante da redução no número de novos casos de coronavírus.

Com relação à Petrobras, as ações subiram diante do avanço do valor do barril do petróleo brent no mercado internacional. O contrato para julho encerrou em aumento de 4 ,93%, com o preço do barril acima de US$ 107.

As ações da Petrobras e a troca de ministro

Na manhã desta quarta, o presidente Jair Bolsonaro exonerou o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque. Para ocupar o cargo, foi nomeado o chefe da assessoria especial de Assuntos Estratégicos do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida.

Mesmo sem esclarecimento sobre as razões para a troca de liderança, no início do dia, o mercado foi tomado por especulações.

No entendimento de analistas apurados pelo InfoMoney, a exoneração foi uma resposta ao novo aumento dos combustíveis. Nesta terça-feira (10), a Petrobras aumentou os preços de venda de diesel para as distribuidoras.

Na semana passada, antes mesmo do reajuste, Bolsonaro já tinha realizado fortes críticas ao lucro da estatal. Na ocasião, o presidente da República chegou a citar o agora ex-ministro.

Apesar dessa mudança no cargo de alto comando do governo, o mercado interpretou que a alteração possa ser mais uma estratégia política — do que uma possível modificação nas políticas atuais da Petrobras.

Segundo o analista da Top Gain, Sidney Lina, mesmo que a alteração não fosse esperada, ela não pesou nas ações da estatal.

Os ativos da companhia vêm se mantendo mais alinhada à grande elevação do petróleo no mercado internacional — resultante pela instabilidade na guerra entre Rússia e Ucrânia, e também pela perspectiva de volta da atividade chinesa.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.