Bitcoin, a ‘moeda do futuro’, só cai; hora de investir ou esperar?

O preço do Bitcoin já caiu mais de 50% desde o seu topo histórico. Quem dizia que o Bitcoin era uma modinha, estava certo ou é uma queda normal, tratando-se de criptomoeda?

Tanto o Bitcoin como as principais criptomoedas, como por exemplo, Ethereum, Cardano e Dogecoin, desvalorizaram muito por causa do aumento de juros nos Estados Unidos, a Guerra entre Rússia e Ucrânia e incertezas sobre o Covid, o que deixa os investidores e mineradores mais cautelosos quanto a ativos mais arriscados.

Você vai preferir esperar o Bitcoin disparar para voltar a comprar ou vai aproveitar a baixa?

Euforia e pessimismo exagerados, vão fazer você perder muito dinheiro. Lembro que em cada tuíte do Elon Musk, fundador da Tesla, que inclusive adquiriu o Twitter recentemente, o Bitcoin subia absurdamente e não parava de crescer o número de novos investidores, prova de que a confiança dos novos investidores infelizmente não está baseada no valor (não confunda com preço) que um ativo tem, e sim o quanto um ativo sobe.

Quer começar a investir em Bitcoin ou já investe e quer investir mais um pouco? Identifiquei 4 vantagens de investir em Bitcoin no momento:

Possibilidade de alta

É impossível saber se o preço vai cair ainda mais, mas obviamente se você comprar agora, não pagará o preço mais caro, como a maioria dos investidores pagaram em 2021, investindo no momento da grande alta. Quem comprou antes da alta, ganhou mais e quem comprou seguindo a manada, perdeu muito mais na queda.

Não é bom comprar tudo de uma vez, compre sempre aos poucos, caso o Bitcoin caia ainda mais, você terá a oportunidade de pagar ainda mais barato.

Os maiores especialistas de Bitcoin, projetam crescimento acima de 100%, já para o próximo ano. Vai ficar de fora desta grande oportunidade? Foque sempre no retorno para o médio e longo prazo.

Cada vez mais o Bitcoin é aceito como meio de pagamento no Brasil

Uma das vantagens, é que muitas empresas estão concedendo descontos para os clientes que fazem pagamento através de Bitcoin. Um exemplo é a Prefeitura do Rio de Janeiro, que pretende conceder desconto de 10% no pagamento do IPTU com moedas digitais em 2022, desconto maior do que os 7% de paga em reais.

Atualmente no Brasil, mais de 900 empresas Brasileiras já aceitam pagamento em Bitcoin conforme dados da CoinMap.

Expectativa de grande retomada de mineração

Depois de um momento de alta significativa, é comum que os ativos passem por um período de correção, isso acontece tanto no mercado de ações quanto nas criptomoedas. Atualmente, estamos vivendo o “inverno cripto”, significa que a mineração de Bitcoin caiu bruscamente, gerando escassez ao ativo, para ‘forçar” um ciclo de alta.

Quando encerrar o “inverno cripto”, é esperado uma grande retomada na mineração de Bitcoin. O mercado é cíclico, o que é vantajoso para os investidores de médio e longo prazo.

Redução de riscos: Reserva de valor e diversificação

É um grande erro focar só na valorização do Bitcoin, reduzir seu risco como investidor é o único caminho que te salva das grandes crises.

Reserva de valor é importante para nossa proteção contra de crises e variações de mercado. Um fato recente: Russos e Ucranianos durante a guerra estão conseguindo fazer compras e movimentações financeiras, graças as criptomoedas, pois o dinheiro Russo e Ucraniano estão escassos.

Diversificar investimentos é a melhor estratégia que um investidor pode ter para proteger sua carteira e buscar retorno em diversas classes de ativos. Veja abaixo a importância de ter Bitcoin, ações, ativos de renda variável e outros em sua carteira de investimentos:

Ficou claro como não é o fim do Bitcoin e você pode melhorar sua estratégia de investimentos?

Um forte abraço e bons investimentos!

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Cleiton Vicente
Formado em Administração de Empresas, pós-graduado em Finanças com especializações em Investimentos, Psicologia Econômica e Planejamento Financeiro. Founder da "Finanças.Vc" e atua como Consultor de Finanças Pessoais e Investimentos com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro. No FDR, possui sua própria coluna com dicas e orientações sobre como investir com segurança e de forma descomplicada.