Vem mais alta por aí: Petrobras anuncia reajustes; confira qual combustível fica mais caro

Nesta segunda, 9, a Petrobras anunciou um novo reajuste de R$0,36 no preço do litro do diesel vendido nas refinarias. O novo preço começa a valer hoje, 10. Este reajuste corresponde a um crescimento de 8,87% no preço. A partir dele, o litro do diesel sobe dos atuais R$4,51 para R$4,91.

Através de nota remetida ao Valor Investe, a Petrobras disse também que irá manter os preços atuais cobrados pela gasolina e pelo gás GLP.

Este novo reajuste no preço do diesel é o primeiro deste o dia 11 de março, quando a Petrobras elevou em 24,9% o preço do combustível nas refinarias. O gás liquefeito de petróleo, mais conhecido como gás de cozinha, também passou por um aumento de preço de 16%. Até então, somente o GLP havia passado por um reajuste que reduziu em 5,6% o seu preço médio de venda.

Segundo a empresa, no momento que foi aplicado aquele reajuste, os novos preços refletiam apenas uma parcela da elevação observada nos preços de mercado. “Esta decisão observou tanto o desalinhamento nos preços quanto a elevada volatilidade no mercado”, explicou a Petrobras.

A estatal explicou que ao considerar a mistura obrigatória de 90% de diesel A e 10% de biodiesel para a composição do diesel vendido nos postos, a parcela da Petrobras no preço ao consumidor sobe de R$ 4,06, em média, para R$ 4,42 por litro vendido na bomba. 

“Com esse movimento, a Petrobras segue outros fornecedores de combustíveis no Brasil que já promoveram ajustes nos seus preços de venda acompanhando os preços de mercado”, disse a empresa.

A Petrobras disse ainda que o balanço global de diesel vem refletindo uma queda da oferta ante à demanda. “Os estoques globais estão reduzidos e abaixo das mínimas sazonais dos últimos cinco anos nas principais regiões supridoras. Esse desequilíbrio resultou na elevação dos preços de diesel no mundo inteiro, com a valorização deste combustível muito acima da valorização do petróleo. A diferença entre o preço do diesel e o preço do petróleo nunca esteve tão alta”.  

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.