Saiba como se cadastrar no Auxílio Inclusão do INSS

Novo benefício do INSS estimula a contratação de deficientes. Ainda no fim de 2021, a previdência social informou que estaria criando um abono vinculado ao BPC, intitulado de Auxílio Inclusão. Os cidadãos que até então estavam sem exercer as atividades de trabalho, podem ganhar um valor extra de R$ 606. Confira os detalhes.

Saiba como se cadastrar no Auxílio Inclusão do INSS (Imagem: FDR)
Saiba como se cadastrar no Auxílio Inclusão do INSS (Imagem: FDR)

O Auxílio Inclusão nada mais é do que um benefício do INSS que tem como objetivo estimular a contratação dos segurados do BPC. Normalmente, trata-se de um grupo que recebe um salário mínimo pelo poder público, não comprovando vínculo de trabalho por apresentar alguma deficiência ou incapacidade.

No entanto, aqueles que têm condições de exercer alguma prática que se configure como emprego, pode deixar de receber o valor do BPC, para ser contemplado com o salário contratado, somado aos R$ 606 do auxílio inclusão.

Quais as regras para receber o Auxílio Inclusão?

  • Ser beneficiário do BPC e passar a exercer atividade com renda de até 2 salários-mínimos;
  • Ter sido beneficiário do BPC, por qualquer período, nos últimos 5 anos, ter pedido a suspensão do benefício pelo exercício de atividade remunerada, e exercer atividade com renda de até 2 salários-mínimos;
  • Estar enquadrado como segurado obrigatório do RGPS (Regime Geral da Previdência Social) ou como filiado ao RPPS (Regime Próprio de Previdência Social) de qualquer dos entes federativos (União, Estados, Distrito Federal ou municípios);
  • Ter inscrição atualizada no Cadastro Único;
  • Ter inscrição regular no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF);
  • Atender aos critérios do BPC, inclusive quanto à renda familiar mensal por pessoa.

Como solicitar o Auxílio Inclusão?

A solicitação deve ser feita através do Meu INSS. Primeiro, o cidadão deve fazer login na plataforma seguindo os passos abaixo:

  • Acesse o site ou o aplicativo do Meu INSS;
  • Clique em “Crie sua conta Gov.br”;
  • Selecione uma das opções de cadastro disponíveis;
  • Preencha os campos com as informações de cadastro solicitadas;
  • Crie uma senha pessoal segura;
  • Confirme os dados pessoais.
  • Faça login no sistema.

Uma vez conectado no app, vá até a função “novo pedido” e selecione a opção “auxílio-inclusão à pessoa com deficiência”. Na sequência, preencha os dados e reúna os necessários, tais como CPF regular e CadÚnico atualizado.

O órgão tem até 30 dias para analisar o pedido e retornar com a aprovação ou recusa.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.