FGTS extraordinário: Caixa determina prazo máximo para o saque de R$ 1 mil

Governo Federal determina prazo máximo para saque emergencial do FGTS. Na última semana, a Caixa Econômica iniciou o pagamento das mensalidades de R$ 1 mil. Cerca de 40 milhões de trabalhadores estão sendo contemplados. Abaixo, entenda até quando você pode utilizar o benefício.

FGTS extraordinário: Caixa determina prazo máximo para o saque de R$ 1 mil (Imagem: FDR)
FGTS extraordinário: Caixa determina prazo máximo para o saque de R$ 1 mil (Imagem: FDR)

Buscando movimentar a economia nacional, o Governo Federal aprovou mais um saque extraordinário pelo FGTS. Nesta rodada, os cidadãos estão recebendo transferências no valor de R$ 1 mil enviados diretamente para o Caixa Tem. O calendário é determinado de acordo com as datas de nascimento, seguindo a ordem abaixo:

  • Nascidos em janeiro: 20 de abril;
  • Nascidos em fevereiro: 30 de abril;
  • Nascidos em março: 04 de maio;
  • Nascidos em abril: 11 de maio;
  • Nascidos em maio: 14 de maio;
  • Nascidos em junho: 18 de maio;
  • Nascidos em julho: 21 de abril;
  • Nascidos em agosto: 25 de abril;
  • Nascidos em setembro: 28 de abril;
  • Nascidos em outubro: 1º de junho;
  • Nascidos em novembro: 08 de junho;
  • Nascidos em dezembro: 15 de junho.

Qual o prazo máximo de saque do FGTS extraordinário?

Os cidadãos terão até o dia 31 de dezembro deste ano para utilizar a quantia. Após esse período, o valor será retido e novamente enviado para o fundo de garantia, sem possibilidade de nova solicitação.

Quem já está com o valor no Caixa Tem, pode fazer o saque em uma agencia bancária ou então transferir para outra conta da mesma titularidade. É preciso, no entanto, movimentar a quantia para não configurar desinteresse no abono.

E se eu não quiser aderir ao saque?

Para quem não tem interesse de utilizar o saque extraordinário, basta deixar o valor parado no Caixa Tem. A devolução é feita diretamente para o fundo de garantia do cidadão, não para as contas do Governo Federal.

De modo geral, o saque tem se mostrado uma opção positiva para quem está em inadimplência ou sem renda fixa. Os trabalhadores com estabilidade financeira são orientados a manter a quantia no FGTS de modo que não reduza o saldo das contas ativas e inativas.

Como saber o saldo do meu FGTS?

  • por meio do APP FGTS, disponível nas principais lojas de aplicativo android e IOS;
  • no site da CAIXA (gov.br);
  • no Internet Banking CAIXA, para os clientes do banco;
  • pelo telefone: 0800 726 0207

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.