Para os brasileiros, Pix será o meio de pagamentos mais utilizado na próxima década

Para os brasileiros, o PIX será o meio de pagamento mais utilizado da década. O meio de pagamento instantâneo em pouco mais de um ano ganhou popularidade, conquistando protagonismo entre as opções de pagamento.

Em recente resultado do  levantamento “Carat Insights- Futuro dos Meios de Pagamento”, apresentado pela Fiserv, líder global no quesito pagamentos e tecnologias de serviços financeiros, revelou a intenção dos brasileiros de conhecer novos meios de pagamentos digitais nos próximos meses, além de buscar entender como será o cenário em 10 anos.

Futuro dos meios de pagamento

Avaliando o cenário dos meios de pagamentos nos próximos 12 meses, o brasileiro pretende fazer uso de diferentes métodos digitais. De acordo com a pesquisa, 91% das pessoas se mostram dispostas a usar o Pix, sendo o meio mais querido do momento. A carteira digital aparece atrás com 80%, com uma diferença menos larga, a leitura de QR Code chega com 73%. 

As redes sociais, apesar de populares, não conquistaram o brasileiro com suas funções de método de pagamento. Whatsapp e Facebook seguem distantes de serem meios de pagamentos amplamente utilizados no Brasil, assim como as criptomoedas que parecem continuar segmentadas.

Como afirma o vice-presidente de Inovação para América Latina da Fiserv, Roberto Moron, a economia digital e os avanços do pix devem promover uma crescente na adesão ao método pelos brasileiros. “O sucesso do Pix confirma a crescente inserção dos brasileiros no mundo da economia digital e aponta o potencial de crescimento que ainda existe no setor. A criação de novos produtos como o Pix Saque, Pix Troco e Pix Cobrança; além dos próximos lançamentos previstos pelo Banco Central como Pix internacional e Pix offline deverão impulsionar este avanço”, conta Moron.

Enquanto uns crescem, outros podem deixar de existir

Com os meios de pagamentos digitais conquistando cada vez mais brasileiros, algumas formas vão ficando para trás, como é o caso dos cheques, cada vez menos vistos. Entre os entrevistados, apenas 10% afirmaram ter utilizado o meio de pagamento nos últimos 12 meses anteriores a pesquisa.

O TED (Transferência Eletrônica Disponível) e o DOC (Documento de Crédito) também são meios já utilizados com menos frequência e por menos pessoas.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Hannah Aragão
Hannah Aragão é graduanda em jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco, a UFPE. Atuou em diversas áreas da comunicação, passando por assessoria, endo marketing, comunicação estratégica e jornalismo impresso. Atualmente, se dedica ao jornalismo online na produção de matérias para o portal FDR.