Pix Saque e Pix Troco: saiba como e onde utilizar a nova funcionalidade

Recentemente, o Banco Central lançou duas novas modalidades do PIX, o PIX Saque e o PIX Troco. Como são novidades, elas ainda geram dúvidas nos usuários e também nos estabelecimentos comerciais. Saiba mais sobre ambas.

As duas modalidades possuem funcionamento similar e permitem que o usuário tenha dinheiro em espécie sem a necessidade de se dirigir a um caixa eletrônico. A diferença é que na modalidade saque, o consumidor precisa efetuar um pagamento comum ao estabelecimento, que devolve em espécie este valor ao cliente. 

A modalidade troco, por sua vez, é utilizada quando o cliente efetua uma compra no estabelecimento e faz um PIX com valor superior para conseguir a diferença em dinheiro.

As transações são realizadas sem custos para os clientes, mas, os estabelecimentos que oferecem o serviço pagam uma taxa entre R$0,25 a R$0,95 da instituição financeira onde o usuário preferir efetuar o saque.

Existe um limite de R$500 para saque no período diurno e de R$100 para período noturno, porém, o estabelecimento pode definir limites inferiores se considerar necessário.

O BC ressaltou que as novas modalidades também são seguras e obedecem as normas de segurança do serviço.

“O prestador de serviço de saque deverá avaliar a necessidade de estabelecer limites transacionais aos agentes de saque, de acordo com dados como perfil, localização, horários e outros critérios de segurança, por exemplo”, disse chefe do Decem (Departamento de Competição e de Estrutura do Mercado Financeiro), Ângelo Duarte.

Os estabelecimentos não serão obrigados a oferecer os novos serviços aos usuários, mesmo em casos que o PIX comum já seja ofertado. Desta forma, cada local poderá definir se as novas funções são ou não benéficas para seu negócio.

PIX

Pix é um meio de pagamento eletrônico instantâneo e gratuito oferecido pelo Banco Central do Brasil a pessoas físicas e jurídicas. Foi lançado oficialmente no dia 5 de outubro de 2020 com início de funcionamento integral em 16 de novembro de 2020.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.