IR 2022: fintech possibilita receber restituição via Pix; saiba mais

Desde seu lançamento, o PIX vem facilitando as transações efetuadas entre pessoas e empresas no Brasil. A solução de pagamentos desenvolvida pelo Banco Central que já vinha sendo usada em diferentes esferas da sociedade, agora também será utilizada para pagar a restituição do Imposto de Renda para os contribuintes com valores a receber. Se você é cliente do RecargaPay, saiba como fazer.

A Receita irá aceitar o cadastro da chave PIX com número de CPF. Sendo assim, os usuários do RecargaPay que tiverem restituição a receber e quiserem receber através do aplicativo, vão precisar de uma chave na plataforma.

Para cadastrar sua chave basta ir na opção “Gerenciar Chaves” que fica dentro do menu “Pix”. Depois, selecione a opção “Adicionar nova chave” e escolha o CPF. Após isso, ao preencher o seu Imposto de Renda no site, programa ou App da Receita Federal, basta selecionar o tipo de conta Pix para receber sua restituição.

Quando o valor da restituição for depositado na carteira do RecargaPay, o cliente poderá usá-lo em diversos serviços oferecidos pela plataforma. Ele poderá pagar contas, recarregar seu celular, seu cartão de transporte, gás, comprar vale-presentes e muito mais.

Se o usuário tiver um cartão Pré-pago Internacional RecargaPay, poderá ainda sacar o dinheiro em caixas eletrônicos e efetuar compras no Brasil ou no exterior, em compras online e físicas.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.