Banco faz ligações indevidas e é multado em R$ 6 milhões; descubra qual é

Banco faz ligações indevidas e é multado em R$ 6 milhões. O BMG, que realizou ligações para quem bloqueou telemarketing, diz que tentará recorrer.

Não é de hoje que brasileiros lidam com ligações indesejadas de telemarketing. Entretanto, já é possível bloquear a liberação dessas chamadas, o descumprimento acarreta em multa para a empresa que ignorar o bloqueio. E foi o que aconteceu com o Banco BMG que recebeu uma multa de  mais de R$ 6 milhões por realizar ligações para clientes que haviam bloqueado as ligações de telemarketing.

 Entenda o caso

No último dia 22 de março, o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) determinou que o Banco BMG deve pagar multa milionária. Segundo informações do portal TecnoBlog, desembargadores da 11° Câmara de Direito Público de São Paulo, em decisão unânime, mantiveram a multa do BMG. A empresa condenada em 1° instância precisa pagar o valor de R$ 6.662.240,00.

A multa foi aplicada pelo Procon de São Paulo, sendo referente ao descumprimento da Lei Estadual n° 13.226/08, que garante que por meio de cadastro o consumidor desautoriza que lhe sejam feitas chamadas de telemarketing. De acordo com o processo, o Banco BMG teria feito 45 ligações de telemarketing para números telefônicos de clientes que estavam cadastrados no sistema que impede as ligações. 

A 16° Vara da Fazenda Pública de São Paulo autorizou uma tutela de urgência para que haja a suspensão da cobrança de crédito para que o BMG realizasse o pagamento da indenização. 

Banco tenta anulação da multa e tem pedido negado 

O BMG que tentou solicitar a anulação da multa, alegando ter sido prejudicado no julgamento e que os números que realizaram as ligações não pertencem a empresa, apesar disso o banco não teve pedido aceito. 

De acordo com o desembargador e relator do processo no TJ-SP, José Jarbas Aguiar Gomes, uma das empresas que teriam sido identificadas pelo Procon-SP afirmou no site Reclame Aqui que realiza chamadas para o banco em questão, bem como para seus concorrentes.

O Banco BMG por meio de nota em resposta ao portal TecnoBlog afirmou que ainda irá recorrer em instâncias superiores.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Hannah Aragão
Hannah Aragão é graduanda em jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco, a UFPE. Atuou em diversas áreas da comunicação, passando por assessoria, endo marketing, comunicação estratégica e jornalismo impresso. Atualmente, se dedica ao jornalismo online na produção de matérias para o portal FDR.