Páscoa registra 17% de aumento no número de vagas temporárias

Mesmo com os preços dos ovos elevados, a expectativa é de que a Páscoa 2022 tenha um aumento de vagas temporárias em todo o país. O trabalho temporário não pode exceder 180 dias e não gera vínculo empregatício.

Páscoa registra 17% de aumento no número de vagas temporárias
Páscoa registra 17% de aumento no número de vagas temporárias (Imagem: FDR)

A Páscoa é o terceiro melhor período do ano para contratação de trabalhadores temporários, perdendo apenas para o Natal e o Dia das Mães.

Dados da Associação Brasileira das Empresas de Serviços Terceirizáveis e de Trabalho Temporário (Asserttem) apontam para um cenário promissor na geração de empregos temporários no Brasil nesse período.

Vagas temporárias na Páscoa 2022

Segundo a Asserttem, a estimativa é que cerca de 14 mil vagas temporárias sejam preenchidas em todo o Brasil esse ano nesse período.

Um aumento de quase 17% comparado a 2021, em que a marca era de 12 mil.

Para a Allis Temporários, referência em contratação de mãos de obra para o varejo, a alta demanda, que acontece na contramão dos preços elevados dos ovos de chocolate, se dá pelo momento de flexibilização, em que as pessoas querem retomar a tradição da data, ainda que optando pelas opções mais baratas.

O cenário da guerra na Europa, a inflação atual e a alta generalizada nos produtos dos supermercados refletiram nos ovos de Páscoa que encareceram, em média, de 12% a 15% em 2022, em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com a Associação Brasileira de Supermercados (Abras).

Mesmo com a alta nos preços, o comércio espera um consumo 5% maior nesta Páscoa, com um faturamento que pode atingir a marca de R$2,160 bilhões.

Além de movimentar consideravelmente o varejo, as vendas no feriado devem gerar novas oportunidades de empregos temporários.

“Somente na Allis, recebemos a solicitação de 915 vagas temporárias para uma ação sazonal na Páscoa. No geral, devemos realizar em torno de 1.200 atendimentos a mais, já que cerca de 200 trabalhadores podem ser reaproveitados dentro do modelo intermitente para outras demandas ao longo do ano”, explica Cristiano Pinzon, Coordenador de Operações da Allis.

As 14 mil vagas que serão abertas em todo o país deverão ser distribuídas, principalmente, na indústria de produção de ovos de chocolate e no varejo.

Nela, as contratações são para auxiliares de produção e de expedição, motorista, entregador, auxiliar de cozinha, promotor de vendas, estoquista e operador de empilhadeira.

No comércio as oportunidades são para balconista, degustador, demonstrador e repositor.

Para saber mais sobre vagas de emprego, vestibulares e cursos, acompanhe a editoria de Carreiras do FDR.

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR. Jamille utiliza sua experiência na área da educação para cobrir notícias sobre cursos, vestibulares, empregos e concursos.