Deltan Dallagnol arrecada R$ 500 mil via pix após ser condenado a indenizar Lula; entenda

Deltan Dallagnol arrecada R$ 500 mil via pix após ser condenado a indenizar Lula. O ex-procurador da República usou as redes sociais para pedir que seus seguidores parassem de fazer doações.

Após determinação do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Dallagnol deve indenizar o ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, em R$ 75 mil. Em seu Twitter, Dallagnol agradeceu a arrecadação e disse não haver mais necessidade de novas doações. 

“MUITO OBRIGADO: Não há mais necessidade de novas doações! As doações espontâneas que milhares fizeram já atingiram MEIO MILHÃO de REAIS. Suas vozes foram ouvidas, e seu ato de solidariedade e protesto já é muito claro: NÃO VAMOS PARAR de combater à corrupção no Brasil!”, disse o integrante da operação Lava Jato em tweet.

Decisão do STJ

A determinação do STJ foi feita em decorrência da apresentação em PowerPoint na qual o ex-procurador apontou Lula como líder de esquema criminoso responsável por desvio de dinheiro na Petrobras, em caso do triplex no Guarujá.

Dallagnol tenta ainda derrubar a decisão do STJ e diz que o valor recebido de seus seguidores é mais que suficiente para pagamento da indenização, caso a decisão não seja derrubada. Ainda segundo publicações de Deltan Dallagnol, o valor excedente será doado para crianças com câncer e autismo.

“O valor de R$ 500 mil é mais do que suficiente para cobrir o valor da indenização a Lula, caso eu não consiga derrubar a decisão. E mesmo que não consiga, juntos poderemos fazer a diferença na vida de centenas de crianças com câncer e autismo que precisam muito desse dinheiro”, disse Deltan sem especificar quais instituições devem receber os valores.

Indenização a Lula não deve ser a primeira paga por Dallagnol

Em 2019, enquanto era procurador da Lava-Jato, Dallagnol foi punido com advertência pelo Conselho Nacional do Ministério Público em processo disciplinar em razão de manifestação em entrevista à CBN, em agosto de 2018, quando criticou ministros da

Em outubro de 2021, após decisão judicial, o ex-procurador da República foi condenado a realizar pagamento de indenização de R$ 40 mil ao senador Renan Calheiros (MDB-AL). A decisão se deu em decorrência de postagens feitas através do Twitter em meio a eleição para presidência do Senado.

Também em 2021, o ministro Bruno Dantas, do Tribunal de Contas da União, decretou que os procuradores da Operação Lava-Jato devolvessem valores referentes a gastos julgados irregulares com passagens e diárias. Dallagnol pode então ser condenado a realizar o reembolso.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Hannah Aragão
Hannah Aragão é graduanda em jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco, a UFPE. Atuou em diversas áreas da comunicação, passando por assessoria, endo marketing, comunicação estratégica e jornalismo impresso. Atualmente, se dedica ao jornalismo online na produção de matérias para o portal FDR.