Tesouro Direto conquista mais de 35 mil novos investidores em fevereiro

Em fevereiro, o número de investidores ativos no Tesouro Direto, com saldos em investimentos no Programa, atingiu a marca de 1.862.785 pessoas. Isso representa um aumento de 35.393 investidores no mês. Os dados fazem parte do Balanço do Tesouro Direto de fevereiro.

Tesouro Direto conquista mais de 35 mil novos investidores em fevereiro
Tesouro Direto conquista mais de 35 mil novos investidores em fevereiro (Imagem: Montagem/FDR)

Já com relação ao número de investidores cadastrados no Programa, houve um aumento de 430.444 em fevereiro. Em comparação ao mesmo período do ano passado, houve um crescimento de 75,53%. Ao todo, o Tesouro Direto chegou à marca de 17.394.623 investidores.

Operações de investimento no Tesouro Direto

Em fevereiro, foram realizadas 494.189 operações de investimento em títulos do Tesouro Direto. O valor total foi de R$ 3,19 bilhões. Ao longo do mês, os resgates foram de R$ 1,67 bilhão. Sendo assim, existiu emissão líquida de R$ 1,52 bilhão.

Os investimentos de até R$ 1 mil representaram 62,18% das operações de aplicações no mês. A quantia média por operação foi de R$ 6.668,42.

O título com mais demanda pelos investidores foi o indexado à taxa Selic (Tesouro Selic). Esta aplicação totalizou, em vendas, R$ 1,90 bilhão — e representou 59,76% do total.

Os títulos indexados à inflação (Tesouro IPCA+ e Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais) totalizaram R$ 918,37 milhões — representando a 28,82% das vendas.

Já os títulos prefixados (Tesouro Prefixado e Tesouro Prefixado com Juros Semestrais) somaram R$ 364,07 milhões em vendas — ou seja, 11,42% do total.

Ao considerar ao prazo, a maior parte das vendas se concentrou em títulos com vencimento de 1 a 5 anos, que atingiram 55,70% do total. Os investimentos em títulos com vencimento acima de 10 anos equivaleram a 12,74%. Já os títulos com vencimento entre 5 e 10 anos representaram 31,55% do total.

Estoque do Tesouro Direto

No mês de fevereiro, o estoque do Tesouro Direto fechou em R$ 83,19 bilhões. Isso representa um crescimento de 2,82% em comparação ao mês anterior (R$ 80,91 bilhões).

Os títulos remunerados por índices de preço foram os mais representativos do estoque, totalizando R$ 45,76 bilhões — ou 55,00% do total. Logo após, aparecem os títulos indexados à taxa Selic, chegando a R$ 23,30 bilhões (28,01%). Os títulos prefixados, por sua vez, totalizaram R$ 14,13 bilhões (16,98%).

Sobre o perfil de vencimento dos títulos em estoque, a parcela com vencimento em até 1 ano encerrou fevereiro em R$ 2,80 bilhões — ou 3,37% do total. A parcela do estoque vincendo entre 1 e 5 anos foi de R$ 51,35 bilhões (61,73%). já a parcela acima de 5 anos totalizou R$ 29,03 bilhões (34,90%).

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.