Semana positiva: Ibovespa acumula alta de 3,27% na última semana; o que esperar?

Na última sexta-feira (25), o Ibovespa, principal índice da bolsa de valores brasileira, aumentou 0,02% aos 1119.081 pontos. Este foi o maior nível de encerramento desde o 1º de setembro do ano passado. No acumulado semanal, o Ibovespa registrou elevação de 3,27%.

Semana positiva: Ibovespa acumula alta de 3,27% na última semana; o que esperar?
Semana positiva: Ibovespa acumula alta de 3,27% na última semana; o que esperar? (Imagem: Montagem/FDR)

No pregão da última sexta, a mínima intradiária foi de 118.548 pontos. Já a máxima no dia foi de 119.729 pontos. O volume financeiro foi de R$ 23,7 bilhões.

No último dia da semana passada, o melhor desempenho do Ibovespa foi da Cogna (COGN3), com valorização de 19,48%. A empresa registrou alta após a divulgação de seus resultados trimestrais.

Este desempenho puxou o setor de educação para cima. A Yduqs (YDUQ3), por sua vez, escalou 9,41% — com o segundo melhor resultado do dia.

Por outro lado, diante da tendência de queda do dólar, as ações de exportadoras foram prejudicadas. As maiores perdas do índice no dia foram de empresas de papel e celulose. A Klabin (KLBN11) caiu 6,13%, e a Suzano (SUZB3) recuou 6%. Os frigoríficos JBS (JBSS3) e Marfrig (MRFG3) desvalorizaram 3,72%, ambos.

A Vale (VALE3) e Petrobras (PETR3;PETR4), empresas amplamente negociadas na bolsa de valores, tiveram performance adversa no dia. As ações da mineradora caíram 1,7%. Sobre a Petrobras, os papéis ordinários subiram 0,4%, mas os preferenciais — com maior volume negociado — desvalorizaram 0,4%.

De modo geral, após a valorização recente do Ibovespa, o índice completou oito sessões consecutivos em alta. No acumulado mensal, o principal índice da B3 apresenta alta parcial de 5,25%. Já no ano, o crescimento chega a 13,60%.

Perspectiva para o Ibovespa

Segundo apurado pelo Termômetro Broadcast Bolsa, do Estadão, da última sexta, grande parte do mercado espera que o Ibovespa registre alta nesta semana (61,54%).

Os analistas que preveem estabilidade para o índice, entre 28 e 1º de abril, são 23,08% do total. Dentre todos os participantes, 15,38% esperam que que a bolsa de valores encerrará esta semana com perdas.

A última semana de março será marcada pela agenda internacional. Nesta sexta-feira (1º), haverá a divulgação do relatório de emprego nos Estados Unidos deste mês.

Nesta quinta-feira (31), serão publicados os dados de gastos e renda pessoal dos norte-americanos (PCE, na sigla em inglês) de fevereiro. Na semana, ainda acontecerão discursos de vários dirigentes do Federal Reserve (Fed, o Banco Central dos EUA).

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.