Deu ruim! Confira quais foram os carros que mais desvalorizaram em 2021

Uma dúvida que é comum entre quem pensa em comprar o primeiro carro é se vale mais a pena adquirir um veículo ou investir. Uma das regras gerais nesta situação é conferir os gastos totais que serão necessário arcar como prestações, seguro, combustível, manutenção, IPVA, licenciamento, lavagens e, até, possíveis multas. Saiba os carros que mais desvalorizaram no último ano.

Os proprietários gastam com manutenção cerca de 2% em média do preço de compra do veículo. Sendo assim, por exemplo,  a manutenção de um veículo de R$ 30 mil, custa cerca de R$ 600 por mês.

Partindo deste dado, é necessário levar em conta os gastos com meios alternativos de transporte.

Se o cálculo apontar que os gastos com o transporte forem maiores, a indicação é comprar o carro. Mas qual? Caso esteja pensando em comprar um modelo 1.0, esse pode ser um mau negócio, segundo  um levantamento realizado por uma plataforma de vendas.

No último ano, segundo a Mobiauto, os modelos equipados com motores 1.0 não acompanharam a evolução de preços dos outros segmentos.

As 20 versões apuradas na base de dados da empresa passaram por uma valorização média de 14,05%. No mercado brasileiro de carros seminovos, a média foi de 23,5% de valorização.

Para constatar esta informação, a plataforma levou em consideração os veículos seminovos “modelo 2021” cotados em janeiro e dezembro do ano passado, extraindo-se a variação de preços.

Proprietários de carros que perderam dinheiro em 2021

Marca Modelo Média em Jan/21 Média em Dez/21 Variação
Fiat Argo R$ 53.445,00 R$ 67.853,01 26,96%
Fiat Mobi R$ 43.699,50 R$ 53.918,87 23,39%
Hyundai HB20 R$ 55.745,33 R$ 66.238,08 18,82%
Volkswagen Polo R$ 62.350,00 R$ 70.602,89 13,24%
Chevrolet Onix R$ 65.217,50 R$ 73.797,57 13,16%
Renault Kwid R$ 44.485,00 R$ 50.233,40 12,92%
Hyundai HB20S R$ 62.900,00 R$ 69.014,30 9,72%
Renault Sandero R$ 52.472,50 R$ 57.295,49 9,19%
Ford Ka R$ 53.615,45 R$ 57.813,95 7,83%
Volkswagen Gol R$ 53.105,00 R$ 55.838,62 5,15%
Chevrolet Onix Plus R$ 71.990,00 R$ 72.012,86 0,03%

Usados desaceleram no início de 2022

No começo deste ano, os usados tiveram uma queda de 29,89% em comparação com dezembro do ano passado. Dados da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículo Automotores), mostraram que no primeiro mês do ano foram vendidos 842.751 veículos.

“Assim como acontece no mercado de novos, a comercialização de usados também foi afetada por fatores como a seletividade e o custo de crédito, e a queda no poder de compra da população, além da própria escassez de veículos novos, que interfere no mercado, já que muitos usados ou seminovos são negociados no processo de compra de um zero quilômetro”, disse José Maurício Andreta Jr., presidente da entidade ao Valor Investe.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.