Milhas aéreas se mostram como alternativa para impactos do aumento dos combustíveis; entenda

Pontos-chave
  • Milhas são uma forma de economizar na hora de viajar
  • Os consumidores podem utilizar o cartão de crédito para conseguir milhas
  • Promoções de bonificação aumentam as milhas dos usuários

O alto preço dos combustíveis está sendo um grande problema não somente de quem utiliza o transporte por carro ou ônibus. Os aumentos consecutivos nos derivados de petróleo também se refletem diretamente nas companhias aéreas, que usam querosene da aviação. É claro que este custo elevado acaba sendo repassado para os consumidores, que adquirem passagens com preço mais alto.

Para tentar economizar um pouco diante de um cenário de preços elevados, os consumidores podem utilizar o cartão de crédito para conseguir milhas aéreas. Em alguns casos, os clientes conseguem até mesmo viajar quase de graça.

O fundador da comunidade Papo de Holder, José Passos, dá algumas dicas para que os brasileiros consigam transformar os gastos diários ema uma espécie de poupança digital para quando ele quiser tirar férias e descansar. 

”Já saíram notícias dizendo que as passagens aéreas já estão mais caras. Como que você faz para driblar esse aumento? A primeira orientação é pesquisar com antecedência. Não deixe para comprar sua passagem em cima da hora, senão vai pagar mais caro. A segunda dica é aproveitar os programas de fidelidade dos cartões de crédito, para acumular pontos”, recomenda.

O especialista diz ainda que os consumidores devem transferir os pontos em situações em que estejam acontecendo promoções de bonificações, para que com isso, consigam obter ainda mais milhas.

“Dessa forma, você consegue emitir aquela passagem que está muito cara no dinheiro utilizando as suas milhas aéreas, e assim viajar de forma mais barata”, orienta José Passos.

É mirando nesta finalidade que o instrutor técnico André Rodrigues costuma concentrar os gastos no cartão de crédito. 

“Para mim, as milhas sempre valeram muito a pena, porque não estão sujeitas a variações. Por exemplo, agora, quando sobe muito o valor das passagens, apesar de subir também a quantidade de milhas, eu continuo acumulando mais milhas para poder gastar um pouco mais adiante”, diz.

“Eu já troquei milhas aéreas por produtos, passagens e inclusive outros benefícios. Para se ter uma ideia, da última vez que eu utilizei as milhas para viajar da Costa Rica para o Brasil, toda a minha família fez upgrade para a classe executiva, além de não pagar nada nas passagens”, finaliza.

Programas de pontos dos cartões de crédito

Estes programas são recompensas dadas aos consumidores a cada compra efetuada. Os pontos premiam a fidelidade do usuário com créditos que podem se tornar produtos, serviços, milhas e até mesmo cashback na fatura.

De acordo com a Abemf (Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização), entre os três primeiros trimestres de 2020 e 2021, os pontos acumulados aumentaram 29%. Os pontos resgatados, por sua vez, cresceram 51%.

Os consumidores são beneficiados com isso, porém, é preciso ficar por dentro dos detalhes dos programas de fidelidade.

Os programas de pontos e de milhagem são a mesma coisa?

Não. Milhagens são uma politica de recompensas que somente podem ser dadas por companhias aéreas, ainda que pontos de cartão de crédito possam ser resgatados em milhas. Esta é uma das opções mais oferecidas e pode ser muito vantajosa, uma vez que os clientes podem somar benefícios.

O professor e autor do livro “O mapa para acumular 1 milhão de milhas”, Rodrigo Goes, diz que em grande parte dos casos, em vez de adquirir passagens aéreas com pontos no cartão, é mais vantajoso transformá-los em milhas e só então se preparar para viajar, especialmente em períodos promocionais.

Ainda segundo ele, além de adquirir passagens, a milhagem pode ser convertida em melhoria de categoria, assentos com mais espaço, mais malas para despachar, entre outras vantagens.

Troca de pontos

Os consumidores encontram diversas opções de resgate de pontos: roupas, eletrodomésticos, calçados, apps de mobilidade urbana, streamings de filmes e séries, sites de hospedagem, milhas em companhias aéreas entre outros . Geralmente, os sites que informam a pontuação do cliente também informam as lojas parceiras e direcionam para elas.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.