Vale-gás 2022 voltará a ser pago apenas em abril; confira o calendário

Apesar de os beneficiários do Auxílio Brasil estarem ansiosos para receber o Vale-gás, será preciso aguardar um pouco mais para que esta outra transferência de renda seja liberada. Isso porque, de acordo com o cronograma do Governo Federal, o ajuda para a compra do botijão de gás de cozinha estará disponível novamente apenas no mês de abril. 

Vale-gás 2022 voltará a ser pago apenas em abril; confira o calendário
Vale-gás 2022 voltará a ser pago apenas em abril; confira o calendário. (Imagem: FDR)

A expectativa por receber o Auxílio Brasil e o Vale-gás juntos está relacionada à prática anterior, tendo em vista que nos meses que passaram ambos os benefícios foram liberados na mesma data.

O calendário do Auxílio Brasil foi reutilizado como base para as liberações do auxílio gás. Assim, milhares de famílias em situação de vulnerabilidade social tiveram a oportunidade de receber acumuladamente valores na média de R$ 450.

A justificativa apresentada possui respaldo na regulamentação do Vale-gás que promete liberar o benefício somente a cada dois meses. Sendo assim, considerando que em fevereiro a parcela composta po 5,58 milhões de famílias incluídas no Auxílio Brasil que foram selecionadas para ter direito ao Vale-gás já receberam o auxílio, agora será preciso aguardar pela vigência do novo calendário de pagamentos. 

Para não haver dúvidas, é preciso estar ciente de que os pagamentos do Vale-gás são efetuados juntamente com o Auxílio Brasil nas contas poupanças sociais digitais, gerenciadas pelo aplicativo Caixa Tem. 

A plataforma permite a ampla movimentação digital dos valores, que podem ser usados para pagar boletos, fazer recarga de celular, transferências via TED, DOC e PIX, além de compras usando o cartão de débito virtual. O melhor, todas as funcionalidades estão disponíveis sem nenhum custo.

A princípio, a intenção do Governo Federal era liberar o Vale-gás para a população geral, mas devido às limitações orçamentárias, foi preciso afunilar a inclusão de beneficiários. Por isso, neste primeiro momento apenas uma parte das famílias brasileiras que recebem o Auxílio Brasil conquistaram este direito. 

É importante explicar que, como os dois programas estão interligados, sendo o Auxílio Brasil o principal deles, antes de mais nada, é preciso que os requisitos desta transferência sejam cumpridos. O primeiro passo é estar inscrito no banco de dados do Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal.

Em seguida, o cidadão precisa se enquadrar nas linhas de pobreza extrema ou pobreza, cuja renda familiar per capita mensal deve ser entre R$ 100 e R$ 200, respectivamente. Somente então o governo irá considerar o cumprimento das seguintes normas secundárias dentro do Auxílio Brasil, para selecionar as famílias elegíveis ao Vale-gás. São elas:

  • Renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário mínimo, inclusive beneficiários de programas de transferência de renda implementados através das três esferas do governo;
  • Famílias que em sua composição possuam algum membro que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.