Taxa de desemprego recua em janeiro; resultado é o menor para o período desde 2016

Novo balanço do governo federal apresenta indicativos positivos sobre o desemprego. Na última semana, foram liberados os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua). De acordo com o levantamento, a taxa de demissões ficou em 11,2%, sendo a menor registrada desde 2016. Entenda.

Taxa de desemprego recua em janeiro; resultado é o menor para o período desde 2016 (Imagem: FDR)
Taxa de desemprego recua em janeiro; resultado é o menor para o período desde 2016 (Imagem: FDR)

Aos olhos do ministério da economia, o desemprego no Brasil tem sido um problema em constante superação. Após modificar a metodologia que determina a apuração da PANAD, o governo informou que a empregabilidade vem se recuperando no país.

Dados do PANAD

Segundo o levantamento, a taxa atual de desemprego é de 11,2%, contabilizada a partir do primeiro trimestre deste ano. Na última rodada, encerrada em janeiro de 2021, a taxa era de 14,5%.

Já a população desocupada é equivalente a 12 milhões de pessoas. O número está 6,6% abaixo do trimestre passado (menos 858 mil pessoas) e 18,3% abaixo do trimestre encerrado em janeiro de 2021 (menos 2,7 milhões de pessoas).

No que diz respeito a população ocupada, ela é de 95,4 milhões, altas de 1,6% em relação a outubro (mais 1,5 milhão de pessoas) e de 9,4% ante janeiro de 2021 (mais 8,2 milhões).

Por fim, o nível da ocupação, que é o percentual de pessoas ocupadas na população com idade para trabalhar, ficou estimado em 55,3%. O resultado é 0,7 ponto percentual acima do registrado no trimestre anterior (54,6%) e 4,3 pontos percentuais acima que no mesmo período de 2021 (51,1%).

Seguro desemprego

Para quem acabou de ser demitido, é possível solicitar o seguro desemprego pela internet. Para isso, basta seguir os passos abaixo:

  • Acesse o aplicativo ou portal da Carteira de Trabalho e clique na opção “Requerer o Seguro-desemprego”.
  • Feito isso, selecione a opção “Solicitar Seguro-desemprego” e informe o número do Requerimento. Esse número está disponível no alto do formulário entregue pelo empregador depois da demissão sem justa causa.
  • O número do Requerimento é composto por dez números. Após digitá-lo, clique em “localizar”, analise com atenção as informações, leia as regras de habilitação do benefício, depois concorde com os termos e clique em “Concluir”.
  • Você irá fazer a confirmação da solicitação do benefício. Aparecerá a mensagem “Solicitação do Benefício Realizada com Sucesso” e os dados do benefício. O que permitirá que você saiba a quantidade e o valor das parcelas a serem recebidas.
  • Logo, o sistema já apresentará as respectivas previsões de datas de pagamento para saque nos canais de pagamento.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.