Investimentos: confira quais foram os destaques de fevereiro

Em fevereiro, o bitcoin teve o melhor desempenho entre os investimentos, apesar do desempenho negativo no mês anterior. Por outro lado, o dólar performou negativamente no período. Descubra quais foram os destaques de fevereiro, segundo compilado feito pelo Seu Dinheiro.

Investimentos: confira quais foram os destaques de fevereiro
Investimentos: confira quais foram os destaques de fevereiro (Imagem: Montagem/FDR)

A aplicação com melhor desempenho em fevereiro foi o bitcoin. A criptomoeda encerrou o mês cotada a US$ 43.198,60, após a desvalorização vista em janeiro. O segundo melhor investimento foi o ouro. Isso aconteceu em meio à procura dos investidores por ativos de proteção, diante das incertezas.

Na terceira colocação, apareceram os títulos prefixados, apesar do aumento dos juros futuros. A proximidade do encerramento do ciclo de aumento da taxa Selic, que tem sido apontada pelo Banco Central, tende a favorecer esse tipo de título público.

Por outro lado, odólar teve performance mais adversa. Houve uma redução acima de 4% na cotação PTAX, que encerrou fevereiro em R$ 5,14, e de 2,83% na cotação à vista, que finalizou em R$ 5,16 no período.

Na parte de baixo da lista, também estão os títulos Tesouro IPCA+ de longo prazo. estes papéis foram afetados pelo aumento dos juros juros futuros. Os fundos imobiliários — representados pelo índice do setor (IFIX) — também tiveram performance negativa em fevereiro.

Desempenho dos investimentos em fevereiro

  1. Bitcoin: rentabilidade mensal de 9,18%
  2. Ouro: rentabilidade mensal de 1,49%
  3. Tesouro Prefixado com Juros Semestrais 2031: rentabilidade mensal de 1,32%
  4. Tesouro Selic 2027: rentabilidade mensal de 1,27%
  5. Tesouro Selic 2024: rentabilidade mensal de 0,99%
  6. CDI*: rentabilidade mensal de 0,92%
  7. Ibovespa: rentabilidade mensal de 0,89%
  8. Índice de Debêntures Anbima Geral (IDA – Geral)**: rentabilidade mensal de 0,81%
  9. Tesouro Prefixado 2026: rentabilidade mensal de 0,67%
  10. Índice de Debêntures Anbima – IPCA (IDA – IPCA)**: rentabilidade mensal de 0,66%
  11. Poupança antiga***: rentabilidade mensal de 0,64%
  12. Poupança nova***: rentabilidade mensal de 0,64%
  13. Tesouro Prefixado 2024: rentabilidade mensal de 0,30%
  14. Tesouro IPCA+ 2026: rentabilidade mensal de -0,03%
  15. Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2030: rentabilidade mensal de -0,22%
  16. Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2040: rentabilidade mensal de -0,36%
  17. Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2055: rentabilidade mensal de -0,46%
  18. Tesouro IPCA+ 2035: rentabilidade mensal de -1,01%
  19. IFIX: rentabilidade mensal de -1,29%
  20. Tesouro IPCA+ 2045: rentabilidade mensal de -2,68%
  21. Dólar à vista: rentabilidade mensal de -2,83%
  22. Dólar PTAX: rentabilidade mensal de -4,06%

(*) 30 dias até 25/02. (**) Acumulado no mês até 25/02. (***) Poupança com aniversário no dia 25.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.