Mesmo com bolsa de valores russa fechada, ações derretem; entenda

Nesta quarta-feira (2), a bolsa de valores russa permanece fechada. A MOEX não operou pelo terceiro dia seguido. Apesar disso, os ativos de companhias da Rússia registraram forte queda em outros mercados. Esta quarta marca o sétimo dia de guerra entre Rússia e Ucrânia.

Mesmo com bolsa de valores russa fechada, ações derretem; entenda
Mesmo com bolsa de valores russa fechada, ações derretem; entenda (Imagem: Montagem/FDR)

Mesmo que siga com a bolsa de valores fechada, o Banco Central da Rússia informou que, nesta semana, possibilitará um número limitado de operações pela primeira vez.

Para conter a desvalorização do rublo — que atingiu a menor cotação histórica —, a autoridade monetária aumentou, nesta segunda-feira (28), a taxa de juros do país, de 9,5% para 20%. A instituição alega que as condições externas para a economia da Rússia “mudaram drasticamente”.

A autoridade monetária também determinou que as companhias lideradas pela exportação vendam 80% de suas moedas estrangeiras. Ainda houve a ordem para que os estrangeiros não vendam títulos russos nesta semana. Desse modo, há o intuito de conter a desvalorização da moeda local.

Ações de empresas do país derretem, mesmo com bolsa de valores russa fechada

Apesar da medida do Banco Central russo, de suspender a bolsa, as empresas da Rússia registram forte desvalorização em mercados estrangeiros. Os recibos de ações de companhias russas listadas no Reino Unido, por exemplo, têm despencado.

Em duas semanas, o índice Dow Jones Russia GDR, que segue as companhias russas negociadas em Londres, recuou 98%. Isso fez com que houvesse redução de US$ 572 bilhões do valor de mercado de 23 ações — incluindo Gazprom, Rosneft e Sberbank —, conforme cálculos da Bloomberg.

Ao considerar que o Banco Central da Rússia decidiu suspender a negociação de ações na Bolsa de Moscou, o movimento nos papéis de companhias listadas em outros mercados indica como as ações poderiam reagir, às punições do Ocidente, quando houver a retomada.

Desde outubro de 1998 que não acontece o fechamento das negociações de ações da Rússia por três dias.

O cenário adverso em relação às ações da Rússia no exterior pode se manter. Em 18 de março, o operador de índices de ações Stoxx pretende retirar 61 companhias russas de seus índices. A MSCI, por sua vez, tem considerando iniciativas parecidas.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.