Jovens representam 50% dos investidores da Bolsa de Valores

A Bolsa de Valores está atraindo cada vez mais os brasileiros e em janeiro deste ano, a B3 bateu a maca de 5 milhões de contas pessoa física. Também chama a atenção a idade média dos novos investidores que está cada vez menor. Jovens com idade entre 25 a 39 anos já respondem por 50% dos novos investidores.

Crescimento no número de investidores 

Este número de 5 milhões de investidores pessoa física mostra o interesse cada vez maior dos brasileiros em encontrar novos produtos e diversificar sua carteira de investimentos. De acordo com dados revelados no relatório mais recente da B3, apenas dos aumentos seguidos na Selic, os investidores permanecem com suas posições em renda variável.

“O mercado de capitais passou a fazer parte da poupança do brasileiro. Conforme a pessoa física vai conhecendo o mercado e entendendo como ele pode ajudar a atingir um de seus objetivos, ele se sente mais confiante para continuar realizando investimentos e de forma mais diversificada” disse Felipe Paiva, diretor de relacionamento com clientes e pessoa física da B3 em nota divulgada no site da B3.

Jovens 

A crescente presença de pessoas mais jovens na Bolsa acompanha o movimento de influenciadores digitais fazendo conteúdo sobre educação financeira e investimentos na rede, o que acaba popularizando o acesso a este tipo de informação. 

Ao tratar do tema de forma simplificada e compartilhando experiências pessoais, os influenciadores ajudam a quebrar a crença de que os investimentos em renda variável, é um tópico muito difícil e voltado só pra quem tem muito dinheiro.

Com este acesso mais amplo a este tipo de informação, os jovens estão percebendo o quanto é importante investir o mais cedo possível e cuidar da vida financeira.

Porém, este acesso maior a renda variável acende um sinal amarelo a respeito do risco de ilusão de ganhos fáceis e em pouco tempo. É extremamente importante entender todos os riscos que estão envolvidos neste tipo de investimentos, uma vez que a grande variação de preço, em especial no curto prazo, é uma das características dos produtors de renda variável.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.