Inscrições para o SiSU 2022 começam nesta terça-feira (15); saiba como funciona

Vestibulandos devem ficar atentos aos prazos do Sisu. Nessa terça-feira (15), o Ministério da Educação (MEC) abrirá as inscrições para o Sistema de Seleção Unificada de 2022. O programa funciona como a porta de entrada para as universidades públicas. Saiba os detalhes da candidatura no texto abaixo.

O Sisu é o meio pelo qual os vestibulandos pleiteiam uma vaga nas universidades públicas. Ele funciona como um sistema de seleção, onde o estudante precisa selecionar a instituição e curso que deseja se candidatar e aguardar a classificação em comparação com os demais candidatos.

Como me inscrever no Sisu?

A candidatura deve ser feita através da página oficial do programa. As inscrições serão abertas na terça-feira (15) e encerradas na sexta-feira (18). Após esse prazo, o MEC irá liberar a lista com a classificação e aprovação em cada curso e universidade específica.

“No momento da inscrição, o candidato poderá optar por concorrer às vagas dos cursos oferecidos pelas universidades como: ampla concorrência ou cotista. Em geral, essa divisão ocorre reservando 50% para ambas modalidades. Caso o aluno opte por se inscrever como cotista, existem três tipos: alunos de escola pública, pessoas de baixa renda e ações afirmativas, que são estudantes autodeclarados pretos, pardos ou indígenas”, explica o gestor da área de ciências da natureza do Colégio Motivo, Antonio Lorena, em entrevista à Folha de Pernambuco.

“O aluno deve entrar todos os dias no sistema, verificar se de fato a opção de curso está selecionada corretamente e acompanhar a evolução das notas de corte no período de inscrição. Podemos perceber uma oscilação da nota de corte muito grande em alguns cursos. Estar atento a isso é de extrema importância, evitando assim futuras frustrações”, relata o professor.

Cronograma do Sisu

  • Inscrições: 15 a 18 de fevereiro
  • Resultado da chamada única: 22 de fevereiro
  • Matrícula ou registro acadêmico: 23 de fevereiro a 8 de março
  • Manifestação de interesse em participar da lista de espera: 22 de fevereiro a 8 de março
  • Resultados da lista de espera: a partir de 10 de março

Quantitativo de vagas

De acordo com dados do Ministério da Educação, nessa seleção serão ofertadas 221.790 vagas em 125 instituições públicas (estaduais e federais). São 6.146 cursos de graduação.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.